quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Curiosidades Perdidos: Triângulo firme| Lost Ones Curiosities: Strong triangle




Isso, meus amigos, só será explicado nos próximos volumes. Digo-vos apenas que não é uma coincidência e se o Joshua não “desampara a loja”, é porque tem um bom motivo. A explicação surgirá em breve ;-)

That, my friends, will be explained in the next volumes. I tell you only that it is not just a coincidence and if Joshua did not give up on Marina, is because he has a good reason. The explanation will come soon ;-)


terça-feira, 29 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Sangue Final”, Charlaine Harris


Título: Sangue Final 
Autora: Charlaine Harris
Edição/reimpressão: 2013
Editor: Saída de Emergência
Páginas: 288 
ISBN: 9789896375553

SINOPSE
Há segredos na cidade de Bon Temps, segredos que ameaçam aqueles que estão mais próximos de Sookie — e que poderão despedaçar-lhe o coração... Sookie Stackhouse não pensa duas vezes antes de recusar o pedido da sua antiga colega Arlene quando esta pede que lhe devolva o seu lugar no Merlotte's. Afinal, Arlene tentou matá-la. O seu relacionamento com Eric Northman, porém, não é tão claro. Juntamente com os seus vampiros, ele mantém a distância... e um silêncio gélido. E, quando Sookie descobre porquê, sente-se devastada. É então que um homicídio chocante abala Bon Temps e Sookie é presa por esse crime. Mas as provas são débeis e sai sob fiança. Quando começa a investigar o homicídio, descobre que o que passa por verdade em Bon Temps é apenas uma mentira conveniente. O que passa por justiça é mais sangue derramado. E o que passa por amor nunca será suficiente...

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 15 de setembro; dou-lhe duas estrelas.
Desilusão – foi o que senti quando li este livro. Mais uma vez senti que a autora estava a escrever a coisa “ao despacha”, querendo atar todas as possíveis pontas de uma só vez. Os vampiros foram quase banidos da história e a escolha final da Sookie… bem, não fiquei convencida nem achei piada. E o Eric, a maneira como foi descartado, sem mais nem menos? E o que veio fazer o Quinn, decidiram chamá-lo e ao Alcide só para lembrar o leitor que participaram nos livros anteriores? Acho que este volume final devia ter sido melhor pensado e trabalhado. A mim, não me deixou nada satisfeita.




BLURB
Sookie Stackhouse finds it easy to turn down the request of former barmaid Arlene when she wants her job back at Merlotte’s. After all, Arlene tried to have Sookie killed. But her relationship with Eric Northman is not so clearcut. He and his vampires are keeping their distance…and a cold silence. And when Sookie learns the reason why, she is devastated.
Then a shocking murder rocks Bon Temps, and Sookie is arrested for the crime.
But the evidence against Sookie is weak, and she makes bail. Investigating the killing, she’ll learn that what passes for truth in Bon Temps is only a convenient lie. What passes for justice is more spilled blood. And what passes for love is never enough...

REVIEW
I finished reading this book on 15th September; I rate it two stars.
Disappointment – that’s what I felt when I read this book. Again I felt that the author was writing the thing in a hurry, wanting to tie every loose end at once. The vampires were almost banished from story and the final choice of Sookie... well, I was not convinced nor thought it funny. And Eric, the way how was discarded, no more no less? And what about Quinn, the author decided to call him and Alcide to the story just to remind the reader that they participated in the earlier books? I think this final volume should have been better thought and worked. It was ​​ very unhappy with it.

Link Goodreads: 

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Sedução”, Bella Andre


Título: Sedução
Autora: Bella Andre
Edição/reimpressão: 2012
Editor: Planeta
Páginas: 168
ISBN: 9789896573355


SINOPSE
Charles Gibson é um escritor de êxito, mas devido aos temas que escreve afasta as mulheres e sujeita-se a blind dates que os amigos lhe propõem. Candance Whitman, recém-chegada à literatura erótica, tem encontrado diversos obstáculos pelo caminho. Cansada de ser criticada, decide ir a uma conferência de escritores com o objectivo de aprender, onde acaba por conhecer o seu ídolo: Charles Gibson, o autor best-seller de romances eróticos. Charles propõe-lhe cinco lições para lhe ensinar as noções básicas do erotismo, criação de cenas, ou seja, conselhos muito válidos para obter bons resultados. Mas o que nenhum dos dois esperava era que as lições teóricas passassem à prática. Infelizmente, a desilusão de Candace em relação ao novo romance que está a escrever - no qual Charlie desempenha o papel principal - ameaça-lhes a possibilidade de desfrutar de um amor verdadeiro. Conseguirá ela separar a fantasia da realidade?

OPINIÃO
Li este livro a 13 de setembro; dou-lhe duas estrelas.
Como era um livro pequeno, li-o de uma só vez, mas mesmo só por isso, porque a leitura deixou muito a desejar. Em primeiro lugar, achei que estava a ler um pequeno conto erótico e não uma história que merecesse ser editada num livro e com tanta promoção, mas quem sou eu para julgar as editoras? E a tradução? Ui! É um livro erótico, mas o palavreado pode ser moderado.
Não me vou alongar. Simplesmente não fiquei fã da história, além de não achar credível que uma aspirante a escritora erótica fosse para a cama com o seu suposto mentor logo na “primeira lição”…



BLURB
Candace, a newcomer to writing erotica, is thrilled when Charlie, a veteran of the industry, agrees to be her mentor. But neither of them ever expected that Charlie's lessons on new positions, using toys, varying locations and role playing would spiral from verbal instruction into hot, hands on education. Unfortunately, Candace's deception about the new erotic romance she's writing--where Charlie plays the starring role--is about to threaten their one chance at true love.

REVIEW
I read this book on 13th September; I rate it two stars.
I read it at once since it was a small book, but also because the reading left much to be desired. First, I thought I was reading an erotic short story and not a big story that deserved to be published and with so much promotion, but who am I to judge the publishers? And the translation? Ouch! It is an erotic book, but the wording may be moderated.
I will not stretch. I just didn’t become a fan of the story and I didn’t find it credible that an aspiring erotica writer went to bed with her supposed mentor right on their "first lesson"...

Link Goodreads:


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 301
- Certa vez acreditei ter encontrado a minha luz no meio das trevas, mas ela renegou-me e voltei a perder-me.

Página 302
O que fizera? Prometera-lhe amor, luz e salvação, para depois lhe tirar tudo de uma assentada. E o que fazia agora ali? Preparava-se para lhe tirar tudo o resto. Não podia fazer isso.

Página 305
Marina queria mover-se, mas não conseguia. Tinha acabado de recuperar uma parte importante da sua vida, para tornar a ficar sem ela, e para sempre. Apesar de tudo o que lhe fizera e dissera, ele estava disposto a sofrer a tormenta das tormentas por si. (…)  Começou por caminhar com passos indecisos, que depressa se converteram na corrida da sua vida. (…) Tinha-o perdido… tinha-o perdido!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Curiosidades Perdidos | Lost Ones Curiosities: Twilight & Hush, Hush





A explicação do porquê da referência ao “Hush, Hush” já foi mais do que justificada, ou seja, foi a sua leitura que me despertou a vontade de enveredar pela vertente do fantástico. Relativamente às referências ao livro “Crepúsculo”, de Stephenie Meyer, uso-as porque, quer queiramos ou não, foi uma série que marcou uma geração e trouxe o paranormal de volta às luzes da ribalta. Na qualidade desse marco, não podia ser ignorado, daí que as personagens o mencionem ou o próprio narrador.



The explanation to why I refered to "Hush, Hush" has been more than justified, ie, it was the reading of it that awoke in me the desire to enter into the fantastic genre. Regarding the references to the book "Twilight", by Stephenie Meyer, I used them because, whether we like it or not, it was a series that marked a generation and brought the paranormal back into the limelight. As such a milestone, it could not be ignored, hence the characters or the narrator mention it.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Beautiful Creatures”, Kami Garcia & Margaret Stohl




Título: Beautiful Creatures
Autora: Kami Garcia & Margaret Stohl
Edição/reimpressão: 2009
Editor: Little, Brown and Company
Páginas: 563
ISBN: 9780316042673

  
SINOPSE
Lena Duchannes é diferente de qualquer pessoa que a pequena cidade sulista de Gatlin alguma vez conheceu. Ela luta para esconder o seu poder e uma maldição que assombra a família há gerações. Mas, mesmo entre os jardins demasiado crescidos, os pântanos lodosos e os cemitérios decrépitos do Sul esquecido, há um segredo que não pode ficar escondido para sempre. Ethan Wate, que conta os meses para poder fugir de Gatlin, é assombrado por sonhos de uma bela rapariga que ele nunca conheceu. Quando Lena se muda para a mais infame plantação da cidade, Ethan é inexplicavelmente atraído por ela e sente-se determinado a descobrir a misteriosa ligação que existe entre eles. Numa cidade onde nada acontece, um segredo poderá mudar tudo.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 12 de setembro; dou-lhe três estrelas.
Não posso dizer que foi um dos meus livros favoritos e, sinceramente, estava à espera de uma coisa diferente e um pouco melhor. Embora o início parecesse promissor, a história não me cativou senão depois do meio da narrativa, além de que o final foi um pouco forçado, à falta de melhor palavra.
Quanto à história em si, o tema das bruxas é interessante, principalmente porque cada um na família tem poderes diferentes.
Quanto às personagens, a que gostei mais foi a Lena, pois apesar de ser gozada por ser a rapariga estranha da escola, não desistiu de perseguir os seus objetivos, ignorando os apupos dos outros. A personagem de que menos gostei foi o pai de Ethan; espero que venha a ter um papel diferente na história. Tudo bem que perdeu a mulher e a inspiração para escrever, mas o modo como se alheia da realidade é digno de um louco que devia estar num hospício, por isso ou o mandam para lá ou ele muda e volta à realidade, senão o que está a fazer na história? Nada.
Não me apetece muito continuar esta série, no entanto ofereceram-me o segundo volume no meu aniversário, por isso vou prosseguir.


BLURB
There were no surprises in Gatlin County.
We were pretty much the epicenter of the middle of nowhere.
At least, that's what I thought.
Turns out, I couldn't have been more wrong.
There was a curse.
There was a girl.
And in the end, there was a grave.
Lena Duchannes is unlike anyone the small Southern town of Gatlin has ever seen, and she's struggling to conceal her power and a curse that has haunted her family for generations. But even within the overgrown gardens, murky swamps and crumbling graveyards of the forgotten South, a secret cannot stay hidden forever.
Ethan Wate, who has been counting the months until he can escape from Gatlin, is haunted by dreams of a beautiful girl he has never met. When Lena moves into the town's oldest and most infamous plantation, Ethan is inexplicably drawn to her and determined to uncover the connection between them.
In a town with no surprises, one secret could change everything.

REVIEW
I finished reading this book on 12th September and I rate it three stars.
I can’t say it was one of my favorite books, and frankly, I was expecting something different and a little better. Although the beginning seemed promising, the story didn’t captivate me until after the middle of the narrative, and that the end was a little forced, for lack of a better word.
As for the story itself, the theme of witches is interesting, mainly because each one in the family has different powers.
As for the characters, the one I liked the most was Lena, because despite being teased for being the strange girl of school, she didn’t give up pursuing her goals, ignoring the jeers of others. The character I liked least was the father of Ethan. I hope he will have a different role in the story. Okay, he lost his wife and his inspiration to write, but the way how he is oblivious of reality is worthy of a lunatic who should be in an asylum, so either send him there or he changes and returns to reality, otherwise what’s he doing in the story? Nothing.
I don’t feel much like to continue this series, however I was offered the second volume on my birthday, so I will proceed.


Link Goodreads:
http://www.goodreads.com/review/show/700676841

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Infinito”, Alyson Nöel


Título: Infinito
Autora: Alyson Nöel
Edição/reimpressão:2012
Editor: Gailivro
Nº páginas: 328
ISBN: 9789895579495


SINOPSE
A épica história de amor de Damen e Ever conquistou os corações maravilhados de milhões de fãs em todo o mundo chega agora ao fim, numa conclusão extraordinária onde tudo será revelado. Depois de terem derrotado os piores inimigos, Damen e Ever ficam livres para dar início à procura da solução para o seu derradeiro problema - libertar Damen do veneno que se mantém no seu corpo. Se conseguirem encontrar o antídoto, serão finalmente capazes de se tocaram e de viverem a noite de paixão por que tanto anseiam. Mas a luta que travam para ficarem juntos vai levá-los ao mais terrível de todos os domínios: o coração sombrio de Summerland. É aí, numa terra estéril onde a chuva não para, que Ever e Damen vão descobrir a origem oculta da sua relação e uma história secreta que nunca poderiam ter imaginado... ficando frente a frente com o verdadeiro motivo que os tem mantido separados. E só quando o mistério final for descoberto e o último segredo revelado é que chegará o momento de o futuro de Ever e Damen ser decidido, num dilema em que tudo se questiona... até a eternidade.

OPINIÃO
Li este livro a 31 de agosto de 2013. Dou-lhe quatro estrelas.
Este livro marca a conclusão da série Imortais. No geral, gostei da série e da maneira como a história evoluiu, principalmente de como a personagem Ever se desenvolveu e como apesar de por vezes ter dúvidas, tenha sempre acabado por aprender alguma coisa.
Falando deste livro em particular, acho que se recorreu demasiado à fantasia de Summerland; gostaria que se tivesse passado mais no plano terrestre. Quanto ao final, gostei que as coisas entre Ever e Damen se tivessem resolvido. Quanto à decisão que tomaram em relação à imortalidade, não sei se teria optado por isso, mas é compreensível que, ao fim de tantos séculos e reincarnações, queiram viver a vida em pleno, assentar e constituir família em vez de errarem de um lado para o outro à espera de uma nova oportunidade.
Em suma, o trabalho de Alyson Nöel é algo que tenciono continuar a seguir.




BLURB
Everlasting is the sixth and final installment of the epic love story that has enchanted readers across the world. Ever and Damen have spent centuries facing down bitter rivals, jealous friends and their own worst fears-all in the hope of being together forever. Now in Everlasting, their destiny is finally within reach. Will they be united-or torn apart forever? Readers will finally discover the truth in this anxiously awaited conclusion.

REVIEW
I read this book on August 31st 2013. I rate it four stars.
This book marks the finale of the Immortals series. Overall, I enjoyed the series and the way the story evolved. What I enjoyed most was how the character Ever was developed and how, despite sometimes having doubts, she always ended up learning something.
Speaking of this particular book, I think that it appealed too much to the fantasy of Summerland; I wished it happened mainly on the earthly plane. As to the end, I liked that things between Ever and Damen had been solved. As for their decision about immortality, I don’t know if I would have opted for it, but it is understandable that, after so many centuries and reincarnations, they want to live life to the full, settle down and raise a family rather than to walk from one side the other, waiting for a new opportunity.
In short, the work of Alyson Noël is something I intend to continue to follow.


Link Goodreads:
http://www.goodreads.com/review/show/708810697

domingo, 20 de outubro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 294
A mão aterrou-lhe em cheio no pescoço e elevou-a no ar, sem esforço. Marina sentia a traqueia a ser-lhe esmagada. Além da dor torturante, o ar não conseguia passar, levando os seus pulmões a reclamarem veementemente para que o bloqueio aflitivo fosse ultrapassado. Levou as mãos ao pescoço, para tentar livrar-se das garras de Barbatos, e agitou-se o mais possível, para que se tornasse difícil segurá-la e acabasse por largá-la. Barbatos, porém, estava decidido a terminar tudo ali mesmo e Marina estava a perder as forças. Dos seus olhos caíram duas lágrimas. Tentou falar, chamar pelo amigo, mas não conseguiu – as sílabas morreram-lhe antes de conseguir articulá-las sequer. Num último ato de desespero, começou a pontapear o demónio. Se ia morrer, então morria a lutar - não se rendia. Estava prestes a desfalecer, mas, mesmo assim, contorcia-se como um peixe fora de água. 

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 269
Marina acenou-lhe um tímido adeus. Permitiu-se a libertar um curto e doloroso queixume e retomou o percurso para casa. Quando tornou a olhar para a outra margem, ele tinha desaparecido. Era assim que as coisas terminavam entre eles: sem gritos ou promessas de vingança, apenas resignação e um adeus.

Página 293
Se era medo que ele procurava espelhado nas suas íris, encontrá-lo-ia, assim como réstias de acesa esperança.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Curiosidades Perdidos: Pedras Protetoras| Lost Ones Curiosities: Protective Stones






Por um lado, não gostaria que a Marina tivesse quaisquer poderes ocultos, mas que fosse uma pessoa normal como qualquer outra. No entanto, gostaria que tivesse forma de se defender de eventuais ataques – foi assim que surgiu a ideia de recorrer a pedra protetoras que fizessem o trabalho por ela ou, pelo menos, a ajudassem. Após uma pesquisa, encontrei várias cujos usos se coadunavam com o que Marina precisava, mas acabei por escolher aquelas que me pareceram melhores, embora não perceba muito do assunto. Quanto à loja onde a Marina as comprou, acho que não se vende nada do género aí, tendo servido apenas de cenário.


On the one hand, I wouldn’t like Marina to have any occult powers, and that she was a normal person like any other. However, I wished she had a way to defend herself against any attacks – it was then that emerged the idea of ​​using a protective stones that would do the work for her, or at least help her. After some research, I found several whose uses coincided with what Marina needed, but I ended up choosing the ones that seemed best, although I don’t know much about the subject. As for the store where Marina bought them, I do not think they sell anything like that there, it only served as a scenario.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Estrela da Noite”, Alyson Nöel


Título: Estrela da Noite
Autora: Alyson Nöel
Edição/reimpressão:2012
Editor: Gailivro
Nº páginas: 291
ISBN: 9789895579495


SINOPSE
Os melhores amigos tornam-se nos piores inimigos – sabem todos os nossos segredos, fraquezas, e onde nos atingir para nos magoar mais… Haven descobriu algo sobre Damen – algo sórdido sobre o seu passado – e está praticamente a pedir-me para o revelar. “Eu sei que tu queres saber, Hever. E eu não posso dizer que te censuro. O Damen tem segredos. Segredos grandes, complexos, sombrios e sujos.” Haven parou muito perto de mim, com uma expressão desafiadora nos seus olhos brilhantes, acenando‑me com as palavras, tal como a maçã oferecida a Eva, quase que uma súplica para que eu as aceite.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 31 de agosto de 2013. Dou-lhe quatro estrelas.
Se a opinião anterior foi curta, esta vai sê-lo ainda mais. A história avança um pouco, mas com a regressão a uma vida em particular que, não visionada em pleno, gera confusões. A tia de Ever descobre o lado sobrenatural da rapariga e as coisas tornam-se mais complicadas, já para não mencionar o obstáculo que é Jude no sucesso da ligação entre Ever e Damen. 
Tive pena que Haven acabasse assim, mas o seu fim já estava determinado desde o terceiro livro quando o poder lhe subiu à cabeça. 
Como queria saber como acabava a história, passei logo ao último livro da série, que li de uma só vez e cuja opinião escreverei em seguida.




BLURB
Haven still blames Ever for the death of her boyfriend Roman, no matter how hard Ever’s tried to convince her it was an accident. Now she’s determined to take Ever down...and destroy Damen and Jude along the way. Her first step is to tear Ever and Damen apart — and she has just the ammunition to do it. Hidden in one of Ever’s past lives is a terrible secret about Damen — a secret that illuminates new facts about her relationship with Jude, but that’s so dark and brutal it might be enough to drive her and Damen apart once and for all. As Ever faces her greatest fears about the guy she wants to spend eternity with, she’s thrust into a deadly clash with Haven that could destroy them all. Now it’ll take everything she’s got — and bring out powers she never knew she had — to face down her most formidable enemy. But in order to win, she must first ask herself: Is her own survival worth dooming Haven to an eternity of darkness in the Shadowland? And will learning the truth about Damen’s past hold the key to their future

REVIEW
I finished reading this book on August 31st 2013. I rate it four stars.
If the previous review was short, this will be even shorter. The story progresses a bit, but the regression to a particular life not envisioned in full leads to confusion. Ever's aunt discovers the supernatural habilities of the girl and things become more complicated, not to mention the obstacle that Jude is in the successfull linking of Ever and Damen. 
I felt sorry that Haven ended up like that way, but her end was determined from the third book when the power went up to her head. 
As I wanted to know how the story ended, I read the last book in the series the very same day. I’ll write the review next. 

Link Goodreads: 

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Fogo Negro”, Alyson Nöel


Título: Fogo Negro
Autora: Alyson Nöel
Edição/reimpressão:2011
Editor: Gailivro
Nº páginas: 344
ISBN: 9789895577866


SINOPSE
Alguns segredos nunca devem ser revelados... Roman. Damen. Jude. Um é o inimigo mortal de Ever. O outro é o seu grande amor. E o terceiro pode ser a resposta para todos seus problemas. Mas Ever está encurralada de mãos atadas por segredos, magia e uma paixão incontrolável que pulsa nas suas veias. Ever é arrastada para os braços de alguém ou de algo que ameaça tudo o que lhe é mais querido. E a única coisa que a pode salvar, afastará Damen para sempre...

OPINIÃO
Li este livro a 29 de agosto de 2013. Dou-lhe quatro estrelas.
Esta vai ser uma opinião curta, uma vez que continuo a partilhar da mesma em relação aos volumes anteriores, exceto o primeiro que achei um pouco mais fraco.
O que dizer quanto a este? Bem, eu bem avisei que o Jude vinha complicar as coisas, embora o tenha feito a outro nível que não o romântico. Estou curiosa para ver como é que Damen e Ever vão resolver o problema que os impede de se aproximarem agora que Roman saiu de cena e logo quando era uma personagem a beira da mudança. Foi uma chatice tirarem-no assim de cena. Mas pronto, um novo vilão surgiu em seu lugar, neste caso uma vilã que só quer vingança: a ex-melhor amiga e Ever. E Miles tem imensas suspeitas e está de regresso a casa. Já comecei a ler o próximo livro para ver como as coisas avançam.



BLURB
Ever is trying to help Haven make the transition into life as an immortal. But with Haven drunk on her new powers and acting recklessly, she poses the ultimate threat — exposing their secret world to the outside. But Ever's struggle to keep the Immortals hidden only propels Haven closer to the enemy: Roman and his evil companions. At the same time, Ever delves deeper into dark magick to free Damen from Roman’s power. But when her spell backfires, it binds her to the one guy who’s hell-bent on her destruction. Now there’s a strange, foreign pulse coursing through her, and no matter what she does, she can’t stop thinking about Roman — and longing for his touch. As she struggles to resist the fiery attraction threatening to consume her, Roman is more than willing to take advantage of her weakened state...and Ever edges closer and closer to surrender. Frantic to break the spell before its too late, Ever turns to Jude for help, risking everything she knows and loves to save herself — and her future with Damen...

REVIEW
I read this book on August 29th 2013. I rate it four stars.
This will be a short review, since I still share the same of the previous volumes, except for the first one that I found a little weaker.
What to say about this one? Well, I warned that Jude would only complicate things, though in other level than the romantic. I'm curious to see how Ever and Damen will solve the problem that prevents them from approaching now that Roman left the scene and just when he was on the verge of change. It was a bummer that he was taken out of the scene like that. But a new villain has emerged in his place, one who just wants revenge: the former best friend of Ever. And Miles has a lot of suspicions and he is back home. I have already started to read the next book to see how things progress.

Link Goodreads:

domingo, 13 de outubro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 251
Burra, parva, imbecil, idiota… ESTÚPIDA, ESTÚPIDA, ESTÚPIDA”. A reprimenda ecoou no cérebro de Marina com tanta intensidade que teve de levar as mãos às têmporas e efetuar pequenos movimentos circulares para acalmar a dor que a atingiu. Sentia-se destroçada e, acima de tudo, enganada. Tinha sido tão ingénua que, nem depois de ouvir a verdade de duas bocas distintas, a tinha decifrado.

Página 259
- Barbatos? Que venha ele e as suas legiões! Não importa. Se o que quer é matar-me, não precisa de se dar ao trabalho de o fazer, porque tu já o fizeste. Arrancaste-me o coração do peito sem sequer esperares que parasse de bater. Tu…? Mataste-me.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 244
Ao alcançar o portão, foi surpreendida pelo frio. As ruas estavam anormalmente mudas e as fracas luzes provenientes dos candeeiros públicos projetavam sombras medonhas. Algo se mexia, oculto na penumbra. Um animal vadio talvez? Marina tinha a sensação de que estava numa cidade fantasma, como as das histórias das almas penadas, e sentiu um calafrio. Um pressentimento nebuloso apoderou-se dela; sacudiu o corpo para repeli-lo. Fechou o casaco até cima para se proteger do frio e pôs as mãos nos bolsos para mantê-las quentes. Iniciou a marcha.

Página 244
Perto de casa, o nevoeiro estreitou-se e transformou-se numa fresca bruma condensada, que quase lhe gelava os ossos. O ar estava demasiado pesado e, esporadicamente, ouvia ruídos que faziam lembrar galhos a partirem-se. Estacou de súbito e pôs-se à escuta, como se estivesse em alerta vermelho, o máximo da escala de perigo. Susteve a respiração e fechou os olhos para se concentrar. O som que distinguiu assemelhava-se ao crepitar de fogo e podia jurar que, por detrás, escutava algo semelhante a gemidos. Descerrou as pálpebras e ordenou ao seu coração palpitante que abrandasse; sentia-o a latejar-lhe nos ouvidos com pequenos estalidos. Deu uma volta sobre si mesma e perscrutou as mechas de nevoeiro em busca da razão para aquele estado de sítio interior.

Página 244
As luzes dos candeeiros mais próximos piscaram, como que em resultado de uma falha de corrente, e apagaram-se. Uma gargalhada sinistra ecoou pela noite, fazendo-a recuar com pequenos passos hesitantes, enquanto retirava a bracelete do pulso e a segurava com firmeza na mão. De repente, embateu em qualquer coisa com as costas. Sobressaltada, virou-se rapidamente. De casaco preto a ondular ao sabor do vento, a figura funesta erguia-se de novo diante dela.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Curiosidades Perdidos: Canoagem no Sado | Lost Ones Curiosities: Canoeing in the river Sado



Esta é uma atividade disponível para que visite Alcácer. Pessoalmente, fiz canoagem no rio apenas uma vez e fiquei supercontente por o professor de Educação Física não repetir a façanha. Detestei, além de que não percebia nada daquilo… Mas, para os amantes da modalidade, força! A Associação Evion Desporto Aventura agendada diversas atividades deste tipo ao longo do ano em que podem participar.



This is an activity that is available to who visits Alcácer. Personally, I did canoeing on the river just once and I was super happy that the Physical Education teacher didn’t repeat the lesson. I hated it, besides not getting how it was done... But, for lovers of this sport, go for it! The Association Evion Adventure Sports schedules several activities of this type throughout the year in which you can participate.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Resultado Passatempo "Casamento em Dezembro"

Já foi apurado o vencedor do passatempo "Casamento em Dezembro"; desta vez, o livro vai para uma menina da zona do Porto. Parabéns, Daniela Alves! Irás receber o teu exemplar em casa nos próximos dias. Obrigado a todos os que participaram ;-)





Opinião| Review: “Terra Sombria”, Alyson Nöel


Título: Terra Sombria
Autora: Alyson Nöel
Edição/reimpressão:2011
Editor: Gailivro
Nº páginas: 319
ISBN: 9789895577798


SINOPSE
Ever e Damen caminharam juntos por incontáveis vidas passadas e lutaram contra os inimigos mais sombrios do mundo para ficarem lado a lado para sempre. Mas, quando o tão aguardado destino parece estar finalmente ao seu alcance, uma poderosa maldição abate-se sobre Damen, uma maldição que poderá destruir tudo. Agora, um simples toque das suas mãos ou um suave roçar dos lábios de Ever poderá significar a morte súbita arrastando Damen para a Terra Sombria. Desesperada por quebrar a maldição e salvar Damen, Ever mergulha na magia e encontra uma ajuda inesperada, um surfista chamado Jude. Apesar de ela e Jude se terem conhecido há pouco tempo, ele parece-lhe estranhamente familiar. E mesmo que ferozmente leal a Damen, Ever sente-se atraída por Jude, um rapaz bronzeado, de olhos verdes, com poderes mágicos e um passado misterioso. Ever sempre acreditou que Damen seria a sua alma gémea e o seu verdadeiro amor ¿ e ainda acredita que seja verdade. Mas, à medida que Damen se afasta para os salvar, a ligação de Ever com Jude intensifica-se, testando o seu amor por Damen como nunca antes tinha acontecido. Agora, um simples toque das suas mãos ou um suave roçar dos lábios de Ever poderá significar a morte súbita, arrastando Damen para a Terra Sombria.

OPINIÃO
Li este livro a 28 de agosto de 2013. Dou-lhe quatro estrelas.
Posso dizer que este volume faz jus ao segundo e que ambos são melhores do que o primeiro livro.
Há novas personagens, se bem que Jude vem complicar um bocadinho as coisas. Quero dizer, já estavam complicadas o suficiente com Romen, isto só vem tornar tudo mais difícil, principalmente porque semeia a dúvida se o destino de Ever será mesmo ao lado de Damen ou se ele a terá desviado do mesmo século após século. Bem, acho que posso dizer que, de momento, torço pelo Damen, mas quem sabe que o quarto livro me faz mudar de ideias? Vou já começar a lê-lo ;-)



BLURB
Enter the realm of the Immortals—the #1 New York Times bestselling series that’s been acclaimed as breathtaking, mesmerizing, flawless and extraordinary. 
Ever and Damen have traveled through countless past lives—and fought off the world’s darkest enemies—so they could be together forever. But just when their long-awaited destiny is finally within reach, a powerful curse falls upon Damen…one that could destroy everything. Now a single touch of their hands or a soft brush of their lips could mean sudden death—plunging Damen into the Shadowland. Desperate to break the curse and save Damen, Ever immerses herself in magick—and gets help from an unexpected source…a surfer named Jude. Although she and Jude have only just met, he feels startlingly familiar. Despite her fierce loyalty to Damen, Ever is drawn to Jude, a green-eyed golden boy with magical talents and a mysterious past. She’s always believed Damen to be her soulmate and one true love—and she still believes it to be true. But as Damen pulls away to save them, Ever’s connection with Jude grows stronger—and tests her love for Damen like never before…

REVIEW
I read this book on August 28th 2013. I rate it four stars.
I can say that this volume is up to the second and both are better than the first book.
There are new characters, though Jude complicates things a bit. I mean, they were already complicated enough with Romen; he will only make things more difficult, mainly because it plants the doubt if Ever’s destiny is to be with Damen or if he has deviated her from her true path century after century. Well, I think I can say that, at the moment, I support Damen, but who knows if the fourth book makes me change my mind? I will now start reading it ;-)

Link Goodreads:

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Opinião| Review: “Lua Azul”, Alyson Nöel


Título: Lua Azul
Autora: Alyson Nöel
Edição/reimpressão:2010
Editor: Gailivro
Nº páginas: 288
ISBN: 9789895577620


SINOPSE
Quando Ever está a aprender tudo o que consegue sobre as suas novas capacidades como imortal, iniciada nesse mundo sombrio e sedutor pelo seu amado, algo de terrível acontece a Damen. Os poderes de Ever aumentam mas os de Damen começam a enfraquecer depois de ter sido acometido por uma doença misteriosa que lhe ameaça a memória, a identidade e a própria vida. Desesperadamente ansiosa por salvá-lo, Ever viaja até à misteriosa dimensão conhecida por Summerland, onde descobre não apenas os segredos do passado de Damen – a história de brutalidade e de tortura que ele queria manter oculta –, como também um texto antigo que revela os mecanismos do tempo. Com uma Lua Nova iminente a enquadrar a sua única possibilidade de viajar no tempo, Ever vê-se obrigada a decidir entre fazer o relógio andar para trás e salvar a sua família do acidente em que morreram... ou ficar no momento presente e salvar Damen, que fica cada vez mais fraco a cada dia que passa...

OPINIÃO
Li este livro a 27 de agosto de 2013. Dou-lhe quatro estrelas.
No geral, achei-o melhor do que o primeiro volume da história, o que ainda me fez pensar em mudar a classificação do primeiro para três estrelas e dar quatro a este para se perceber a diferença, mas resolvi manter o que disse antes.
Aqui, as coisas entre Damen e Ever parecem estar a evoluir e quando o ambiente está “mui caliente”, puff, lá vem qualquer coisa alterar o destino. Que treta! Lol! Mas é assim que se constroem as histórias, com reviravoltas, se bem que gostava que eles chegassem a vias de facto finalmente. 
Gostei do desenvolvimento da Ever e da desenvoltura com que tentou remediar a situação. Revelou-se uma personagem forte e à altura do desafio. Espero que continue assim, por isso vou já passar ao terceiro volume para ver o que acontece ;-)



BLURB
Just as Ever is learning everything she can about her new abilities as an immortal, initiated into the dark, seductive world by her beloved Damen, something terrible is happening to him. As Ever's powers are increasing, Damen's begin to fade after he is stricken by a mysterious illness that threatens his memory, his identity, his life. Desperate to save him, Ever travels to the mystical dimension of Summerland, where she uncovers not only the secrets of Damen's past - the brutal, tortured history he hoped to keep hidden - but also an ancient text revealing the workings of time. With the approaching blue moon heralding her only window for travel, Ever is forced to decide between turning back the clock and saving her family from the accident that claimed them - or staying in the present and saving Damen, who grows weaker each day...

REVIEW
I read this book on August 27th 2013. I rate it four stars.
Overall, I thought it better than the first volume of the story, which also made ​​me think about changing the rating of the first book from four to three stars to tell the difference, but I decided to keep what I’d said before.
Here, things between Damen and Ever seem to evolve. and when the environment is "mui caliente", puff, there’s something that changes their destiny. Crap! Lol! But that's how you build stories, with twists, though I wish they go to the end once and for all.
I liked the development of Ever and the easyness with which she tried to fix the situation. She proved to be a strong character, up to the challenge. I hope she stays that way; so I will now pass to the third volume to see what happens ;-)

Link Goodreads: