terça-feira, 30 de dezembro de 2014

61 livros lidos em 2014


Yep, 61 é o número de livros lidos em 2014. Sei que não são muitos, mas o tempo disponível não deu para mais. Mesmo assim, ainda li mais quatro do que no ano passado, lol! É verdade, o Goodreads este ano disponibilizou umas aplicações engraçadas, que nos permitem ver todos os livros lidos este ano e as estatísticas em relação a anos anteriores. 
Promessas quanto a leituras para o próximo ano não posso fazer, mas tenciono voltar a aderir ao desafio Goodreads, estabelecendo a mesma meta das 50 obras ou lá perto; ainda tenho de pensar bem, até porque quero dedicar-me um pouco mais à escrita e isso roubará o tempo que tinha para a leitura. Seja como for, ler e escrever estão nos meus planos para 2015 ;-)



segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Opinião: "A Mulher Silenciosa"



Título: A Mulher Silenciosa
Autor: A. S. A. Harrison
Tradução: Maria do Carmo Figueira
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 272
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722352765


SINOPSE
Jodi Brett e Todd Gilbert vivem juntos há vinte e dois anos, num confortável apartamento em Chicago com vista para o lago. Os dias decorrem numa tranquilidade aparente, à medida que a sua relação se vai lentamente consumindo. Até ao dia em que Jodi fica a saber que Todd tem um relacionamento sério com a filha de um dos seus melhores amigos, Natasha Kovacs. Em estado de negação, Jodi não reage quando Todd lhe diz que vai casar com Natasha ou quando a avisa de que ela terá de abandonar o apartamento onde vivem. Mas este será, para Jodi, um ponto de viragem sem regresso possível. Um romance avassalador, misto de comédia de costumes e thriller psicológico, que nos revela o lado negro do casamento e até onde uma mulher é capaz de ir quando já nada mais tem a perder.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 22 de dezembro de 2014 e dou-lhe três estrelas.
O que dizer sobre o livro? Não me é fácil escrever esta opinião, mas há aspetos de que gostei mais e outros de que gostei menos e vou centrar-me nisso. Começando pelo que mais gostei, agradou-me o tema; pegou-se em algo comum e tentou-se atribuir-lhe um significado mais profundo e que nos faz pensar, levando a tópicos subjacentes como o desgaste de uma relação, o vivermos confortável e conformados com o outro, a rotina diária e o quebrar da mesma, a coragem ou cobardia para mudar de um dia para o outro, a loucura que os ciúmes podem despoletar, o reaprender a viver. Gostei de ler sobre este processo. Não gostei tanto foi das divagações, como as visitas de Jodi a Gerard, que, para mim, nada vieram acrescentar à história e eram desnecessárias.
No final, admito que fiquei um pouco confusa quanto à autoria do homicídio de Todd. Por um lado, isso até é bom, pois retira a previsibilidade à história e ficamos com as nossas ilações, sendo chamados a dizer o que pensamos que sucedeu; gosto desse processo de participação do leitor. O que acho que aconteceu, vou guardar para mim para que o próximo leitor possa tirar as suas próprias conclusões ;-) 


terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Opinião: “Prazer Ardente”, Lisa Kleypas



Título: Prazer Ardente
Autora: Lisa Kleypas
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 304
Editor: 5 Sentidos
ISBN: 978-989-745-007-5


SINOPSE
Depois de três temporadas em Londres em busca de pretendente, o pai de Daisy Bowman informa-a de que deverá arranjar marido. E depressa. E se Daisy não conseguir desencantar um candidato adequado, terá de se casar com um homem da escolha do pai: o cruel e emproado Matthew Swift. Daisy está aterrorizada, mas uma Bowman jamais admite a derrota. E, por isso, a jovem decide fazer os possíveis para arranjar outro pretendente que não Matthew. Mas Daisy não contava com o charme inesperado de Swift… nem com a sensualidade escaldante que depressa brota entre ambos, acabando por descobrir que, apesar de segredos e intrigas que o destino teima em impor, o homem que sempre odiou poderá ser aquele com que sempre sonhou.

OPINIÃO
Terminei esta leitura a 10 de dezembro de 2014 e dou-lhe três estrelas.
Este foi um livro que ofereci de presente e que, depois, me emprestaram para ler. Gostei da história no geral, mas acho que é muito romântica e que devia ser um pouco mais crua nos momentos “quentes”. Talvez a autora tenha receio de descrever as cenas eróticas, mas não devia ter, pois daquilo que li, não se safa mal; devia arriscar mais e aprofundar as cenas. Quanto ao argumento principal, é banal e nada inovador, mas desde que uma história seja bem escrita, o autor saberá cativar. Eu gostei =)


segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Opinião: “Obsessão” e “Confissão”




Título: Obsessão (Este Homem - Volume 2)
Autora: Jodi Ellen Malpas
Tradução: Carlos Pereira
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 576
Editora: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575250

SINOPSE
Neste segundo livro da trilogia continua a história entre o aristocrata Jesse Ward e a jovem designer de interiores Ava O’Shea.
Jesse Ward afogou-a com a intensidade e surpreendeu-a com a paixão, mas manteve-a à margem dos seus segredos obscuros e coração partido. Deixá-lo era a única maneira que Ava teria para se libertar do romance demasiado conturbado. Mas também devia ter desconfiado que era impossível fugir dele. Agora Jesse voltou à sua vida, determinado a recordá-la dos prazeres sensuais que partilharam. Ava está também decidida a descobrir a verdade oculta na frieza deste homem.
Isso significa envolver-se de outra forma com o Senhor do Solar. E é isso mesmo que ele quer dela…




Título: Confissão (Este Homem - Volume 3)
Autora: Jodi Ellen Malpas
Tradução: Nuno Daun e Lorena
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 528
Editora: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575540

SINOPSE
The Manor, o local onde começou a sua história de amor apaixonada, enche-se de convidados para o que deverá ser o dia mais feliz das vidas de Ava e Jesse.
Ela aceitou que nunca conseguirá domar o lado selvagem de Jesse, e também não o deseja fazer. O seu amor é profundo, sua ligação poderosa, mas quando pensa que por fim tudo está bem, de súbito surgem mais dúvidas e perguntas, levando Ava a suspeitar que Jesse Ward poderá não ser o homem que pensa que é. Ele sabe como levá-la para um lugar além do êxtase… mas também a conduzirá ao desespero? É chegada a hora de este homem se confessar. Amor, intensidade, intriga e desespero na conclusão da trilogia que apaixonou milhares de leitores em Portugal e todo o mundo.

OPINIÃO
Embora tenha avaliado o primeiro livro à parte, vou avaliar estes dois em conjunto e tecer uma opinião geral sobre a trilogia.
Acabei de ler “Obsessão” a 29 de novembro e dou-lhe três estrelas; quanto a “Confissão”, concluí a sua leitura a 8 de dezembro e dou-lhe quatro estrelas numa escala de uma a cinco.
Tendo em conta que as classificações variam entre três e quatro estrelas, é claro que gostei da série. Achei-a muito intensa, demasiado às vezes e até exasperante. A necessidade constante de domínio de Ward, a indecisão de Ava que ora queria, ora não queria… isso tirou-me do sério por vezes. No final, compreende-se melhor a posição de Jesse, mas acho que a autora errou um pouco ao revelar tudo de uma vez; preferia ter ficado a saber as coisas aos poucos. A história da Ruth, o casamento, os filhos… surgiu tudo de supetão e até me pareceu um pouco estranho o enquadramento dado à Ruth que afinal tinha outro nome.
Seguir o trabalho da autora não está fora de questão, mas espero que tenha personagens menos teimosas.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Opinião: "As promessas da noite"



FICHA TÉCNICA
Título: As promessas da noite
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 264
Editor: 5 Sentidos
ISBN: 978-972-0-04631-4


SINOPSE
O fim de relação com Dominic deixou Beth de coração despedaçado. Acreditara desde o início na força daquele amor que seria eterno, mas um mal-entendido mostrou-lhe a fragilidade da relação e deitou tudo a perder. Por mais que tentasse evitar a constante presença e interferência de Andrei Dubrovski no seu relacionamento, o poder deste impedia-a de ser livre.
Desde que o conhecera que Andrei teimava em impedir a sua felicidade junto a Dominic, e desta vez parecia ter finalmente alcançado o seu objetivo. Dominic partira rumo a um novo projeto profissional e, porventura, a uma nova vida amorosa sem Beth. Mas será que Andrei conseguirá o que quer? 
A persistência de Beth no amor que sente por Dominic, e a certeza de que nada pode ter feito de errado, irão levá-la a viajar desesperadamente até Paris, atrás de Dominic, na esperança de uma reconciliação e, quem sabe, de provar que o verdadeiro amor pode superar as mais graves das provações.

OPINIÃO
Concluí a leitura deste livro a 28 de novembro de 2014 e dou-lhe duas estrelas.
Definitivamente, esta trilogia não consta das minhas preferidas. Não achei o Andrei credível e acho que foi subvalorizado neste livro. Também as imensas descrições me deram cabo da paciência. O que gostei mais foi da afirmação da personagem de Dominic. O final... bem, aquilo foi o fim? Aparentemente sim, pois daquilo que pesquisei não existe próximo volume. Deixa muito a desejar...


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Capa do Dia



Enquanto procurava um livro da Sylvia Day no outro dia, encontrei esta capa, que achei simples, mas engraçada. O que acham dela?

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Opinião: "O Amante", Jodi Ellen Malpas



FICHA TÉCNICA
Título: O Amante (Este Homem - Volume 1)
Tradução: Mário Dias Correia
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 528
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575021

SINOPSE
O Amante é o primeiro livro da trilogia Este Homem, que narra a história do aristocrata Jesse Ward e de Ava O’Shea, uma jovem designer de interiores. 
Quando Ava é contratada para um trabalho no Manor, nunca pensou ir encontrar Jesse, um homem confiante, lindo de morrer e em busca de prazer sem limites. Ava tenta resistir, mas não consegue controlar o desejo irresistível que Jesse lhe desperta. Ela tem consciência que poderá vir a sofrer e, embora o instinto lhe diga para sair desta situação enquanto é tempo, ele não está disposto a deixá-la ir. Jesse está determinado a tê-la.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 25 de novembro de 2014 e dou-lhe 3 estrelas, por me ter suscitado opiniões antagónicas. Por um lado, gostei da história, na medida em que é intensa e mexe com os sentimentos e nos faz querer ler mais e mais. O problema é que me irritei com a Ava. Quando estava com o Jesse, resistia, mas lá baixava as defesas e admitia que gostava dele; assim que o homem se ia embora, fazia fita e lá se punha a fugir. Caramba, ou quer ou não quer! Irra! Ah, e aquele controlo todo do homem também tira a paciência. Que tal um meio-termo? 
Claro que vou continuar a ler a trilogia, até porque quero saber o final da história.
Quero ainda destacar que fiquei contente por saber que, inicialmente em 2012, a autora autopublicou este livro e a resposta maciça das leitoras motivou-a a terminar a trilogia. Catapultada para o número 1 do New York Times, a trilogia Este Homem converteu-se no fenómeno do ano, coroando Jodi Ellen Malpas como a nova rainha do romance erótico. Para quem escreve, é motivador conhecer casos destes, de sucesso.


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Lançamento de "Redimidos"



E já está: "Redimidos" já está disponível para todos os interessados em adquirir o livro.
O lançamento foi na sexta-feira, dia 5 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal, por ocasião da XVIII Feira do Livro. 
Além do discurso do Sr, Presidente da Câmara Municipal de Alcácer, houve ainda a participação especial da convidada Diana Faustino, que partilhou a sua opinião sobre a trilogia "Redimidos". 
Sinceramente, e tendo em conta que estreava uma peça de teatro nessa noite, nunca esperei ter tanta gente presente. Foi um verdadeiro auditório cheio de calor humano numa noite gelada, facto por que estou bastante grata. Espero que gostem do livro!



» Vídeo com rápida leitura de dois parágrafos da página 230 de "Redimidos", que contêm uma referência histórica real referente à Capela de S. Bartolomeu, que integra o Santuário do Senhor dos Mártires, localizado em Alcácer do Sal: https://www.facebook.com/video.php?v=604883082973142&set=vb.539394999521951&type=2&theater


sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Novo blogue Olinda P. Gil




A Olinda P. Gil, autora do e-book de sucesso "Sudoeste"(Coolbooks) tem um novo site. Para acederem ao mesmo basta irem a http://olindapgil.blogspot.pt/ 
Passem por lá e apoiem esta promissora autora portuguesa ;-)


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Novo livro da Carla M.Soares




Carla M. Soares, autora de sucessos como "Alma Rebelde" e "A Chama ao Vento", está de volta com um novo livro. Intitulado "O Cavalheiro Inglês", a obra está a partir de hoje disponível nas livrarias, podendo também ser encontrada online, por exemplo, na Wook em http://www.wook.pt/ficha/o-cavalheiro-ingles/a/id/16069705. Para os amantes de romances históricos, aqui partilho a ficha técnica e a sinopse:

FICHA TÉCNICA
Título: O Cavalheiro Inglês
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 400
Editor: Marcador
ISBN: 9789897541254
Coleção: Marcador Literatura

SINOPSE
PORTUGAL. 1892. Na sequência do Ultimato inglês e da crise económica na Europa e em Portugal, os governos sucedem-se, os grupos republicanos e anarquistas crescem em número e importância e em Portugal já se vislumbra a decadência da nobreza e o fim da monarquia.
Os ingleses que permanecem em Portugal não são amados.
O visconde Silva Andrade está falido, em resultado de maus investimentos em África e no Brasil, e necessita com urgência de casar a sua filha, para garantir o investimento na sua fábrica.
Uma história empolgante que nos transporta para Portugal na transição do século XIX para o século XX numa descrição recheada de momentos históricos e encadeada com as emoções e a vida de uma família orgulhosamente portuguesa.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Opinião: "Divergente", Veronica Roth



Título: Divergente
Autora: Veronica Roth
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 352
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04381-8


SINOPSE
Na Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família... e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.
Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama... ou acabar por destruí-la.

OPINIÃO
Terminei a leitura deste livro a 17 de novembro de 2014 e dou-lhe quatro estrelas.
Tal como referi antes, tem sido difícil sentir-me cativada por livros ultimamente, mas a Veronica Roth conseguiu-o: gostei bastante desta história e tenciono ler o resto da trilogia. Até vi logo o filme a seguir, mas é melhor não falar das diferenças entre um e outro; já me habituei a separar uma história da outra...
Foi fácil acompanhar a narrativa e perceber a divisão entre as fações e o que é esperado de cada uma delas.
Também gostei da Beatrice e da maneira racional como opera, em regra geral. Sabe as suas limitações e tenta compensá-las da melhor forma possível, de modo a que não se tornem numa desvantagem. Também gostei do Tobias, mas o livro não revelou muito sobre ele; talvez num próximo volume. Ainda sobre as personagens, achei uma pena o que a autora reservou para a mãe da Tris, pois acho que tinha muito mais para dar. Quem sabe se o passado da mãe não irá influenciar a filha?
Como não disponho dos restantes livros da trilogia, vou ter de fazer uma pausa nesta série... por agora.

domingo, 30 de novembro de 2014

XVIII Feira do Livro de Alcácer do Sal




A 18.ª edição da Feira do Livro de Alcácer do Sal já arrancou, prolongando-se até 14 de dezembro, na Biblioteca Municipal na cidade. Livros a preço de amigo, convívio com autores, música, ateliês, doçaria e uma mostra de produtos tradicionais são algumas das apostas do certame, cujo programa completo está disponível através do link http://www.cm-alcacerdosal.pt/PT/Documents/PROGRAMA%20feira%20do%20livro%20PDF%202014.pdf 
Ah! E não se esqueçam de aparecer por lá, no dia 5 de dezembro (sexta-feira) pelas 21h, para o lançamento do meu livro "Redimidos" ;-)

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Capa do Dia




Adoro esta capa do livro "Orgulho e prazer", da Sylvia Day. Gosto das cores, entre o azul, o lilás e o roxo, e do objeto prateado... é simples, mas acho bonita. 
 

terça-feira, 25 de novembro de 2014

"Redimidos" lançado dia 5


O terceiro e último volume da série "Perdidos" já tem data de lançamento agendada: vai ser no dia 5 de dezembro, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal, por ocasião da Feira do Livro anual que aí ocorre. Sendo Alcácer o cenário de fundo, que melhor local para lançar o livro senão aí? Fico à vossa espera ;-) Passem a palavra!



segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Opinião: "Na sombra da paixão"



Título: Na Sombra da Paixão (Irmandade da Adaga Negra - Volume X)
Autora: J. R. Ward; 
Tradução: Luís Santos
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 712
Editor: Casa das Letras
ISBN: 9789724622538
Coleção: A Irmandade da Adaga Negra


SINOPSE
Qhuinn, filho de ninguém, habituou-se a estar por sua conta. Expulso da linhagem e rejeitado pela aristocracia, encontrou finalmente uma identidade como um dos mais impressionantes combatentes na guerra contra a Sociedade dos Minguantes. Contudo, a sua vida não está completa. Mesmo perante a perspetiva de vir a ter a sua própria família, sente-se vazio por dentro e entregou o coração a outra causa...
Depois de anos de amor não correspondido, Blay ultrapassou os sentimentos por Qhuinn. E já não era sem tempo: o macho encontrou a parceira perfeita numa fêmea Escolhida, e vão ter um filho - aquilo que Qhuinn sempre quis. É difícil imaginá-los como casal, mas quando se constrói uma vida em torno de um sonho vão, o sofrimento está sempre ao virar da esquina. Algo que o guerreiro aprendeu por si próprio.
O destino parece ter levado os dois vampiros soldados por caminhos diferentes, mas com o recrudescer da batalha pelo trono, e com novos atores em cena em Caldwell a criarem mais riscos para a Irmandade, Qhuinn acaba por descobrir a verdadeira definição de coragem e dois corações que devem ficar juntos acabam por fim por se tornar num só.

OPINIÃO
Acabei esta leitura a 12 de novembro de 2014 e dou-lhe quatro estrelas. 
Ultimamente tem sido difícil relacionar-me com os livros e sentir-me cativada pelo que leio. A JR Ward prendeu-me a atenção... saltando os bocados de palha que insiste em acrescentar e que são uma seca do catano =P é só por ela insistir nisso que não classifico o livro como de cinco estrelas. 
À parte disso, estava ansiosa para saber como as coisas entre Qhuinn e Blay se iam desenrolar e, pelo excelente trabalho nessa vertente, só tenho a dar os parabéns à autora. Temi que ela não soubesse pegar bem na questão ou que resultasse em algo esquisito, mas não; foi um romance normal e capaz de despertar sentimentos no leitor.
Fico à espera do próximo ;-)

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Opinião: "Puros", Julianna Baggott



Título: Puros
Autora: Julianna Baggott 
Tradução: Fátima Andrade
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 392
Editora: Editorial Presença
ISBN: 9789722352789


SINOPSE
Depois de uma série de detonações atómicas destinadas a exterminar grande parte da Humanidade, apenas uma pequena elite de puros deveria ter sobrevivido, protegida dentro da Cúpula até que a Terra se regenerasse por completo. Mas não foi isso que aconteceu... Muitos foram os que sobreviveram às explosões, deformados, com mutações terríveis, refugiados entre as ruínas da cidade, num clima de opressão por parte da milícia entretanto formada, que os aterroriza e explora. Pressia Belze é uma jovem de dezasseis anos, uma mutante que tenta fugir à milícia; Partridge é um rapaz da elite, um Puro atormentado pela suspeita de que um plano secreto está a ser desenvolvido pela elite científica da Cúpula. Numa terra devastada, os caminhos destes dois jovens acabam por se cruzar, dois sobreviventes em busca de um futuro menos sombrio, que nem desconfiam do laço secreto que os une…



OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 8 de novembro de 2014 e dou-lhe três estrelas numa escala de uma a cinco.
Não sabia bem o que esperar de "Puros". Não costumo ler muitas distopias e também só tinha ouvido mencionar o título deste livro e visto a imagem da capa partilhada nas redes sociais, nem sabia do que tratava ao certo.  Por curiosidade, assim que o vi na Biblioteca, requisitei-o.
Para uma das primeiras distopias que li, não foi má. Gostei da história no geral, mas houve coisas que não me convenceram, como a ligação entre Pressia e Partridge e como ele, por coincidência, tropeça logo nela mal sai da Cúpula. Que conveniente! O aparecimento da mãe e de Sedge também não me convenceram; achei um bocado esquisita a maneira como essa parte da narrativa foi escrita. Também achei que faltou aquele fator que me prende a uma história; não senti muito entusiasmo em prosseguir com a leitura.
Quanto a acompanhar o desenvolvimento da história... bem, se a Biblioteca adquirir o próximo livro, talvez o leia, mas por minha iniciativa não o comprarei, pois não ficou na minha lista de preferidos.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Leitura atual

De momento, ando pelo mundo "Divergente" de Veronica Roth. Ainda não li muito, ainda me estou a integra no funcionamento das fações e o que levou à sua criação, mas estou a gostar. Quando terminar a leitura, vou tentar ver o filme, por curiosidade. Com a história "fresca" em mente, quero ver o que fizeram diferente, ehehe.




FICHA TÉCNICA
Título: Divergente
Autora: Veronica Roth
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 352
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04381-8


SINOPSE
Na Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família... e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.
Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama... ou acabar por destruí-la.

Veronica Roth foi considerada a melhor autora pelo GoodReads Choice Awards em 2012. Divergente foi eleito o melhor livro de 2011 e Insurgente o melhor livro de fantasia para jovens-adultos em 2012, pela mesma entidade, a única cujas distinções são atribuídas exclusivamente pelos leitores.


Críticas da imprensa

"Não vai conseguir dormir ao ler este livro, um romance que é uma autêntica montanha-russa."
BookPage

"Maravilhoso, perigoso e enérgico, com uma história de amor a que não consegui resistir!"
Becca Fitzpatrick, autora da saga hush, hush

"Uma viagem memorável e imprevisível que é impossível ignorar."
Publishers Weekly

"Maravilhoso, perigoso e enérgico, com uma história de amor a que não consegui resistir!"
Becca Fitzpatrick, autora da saga hush, hush


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Imagem do Dia



Vi esta imagem no Facebook e achei-lhe imensa piada pela conjugação do teclado e do ecrã com o formato de livro. Já se tinham deparado com ela antes?

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Leitura atual

O que estão vocês a ler?
Neste momento, estou a ler "Puros", de Julianna Bagott.
Ainda não entrei bem na leitura e tive de interrompê-la para mais uma revisão do meu "Redimidos", mas espero que as próximas páginas me consigam cativar mais ;-)


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Ponto de situação




Pois é, volta e meia lá o blogue fica para segundo plano... Desta vez, até às leituras tiveram de ficar em espera, de modo a que eu pudesse avançar com a leitura/ revisão do meu livro na versão impressa. São escolhas que fazemos.
E então, qual é o ponto de situação?
Neste momento, terminei a revisão de "Redimidos" e passei o livro a outra pessoa para uma nova correção, sob uma perspetiva nova e diferente, até porque já tenho a leitura para além de viciada e, pior que tudo, cada vez que leio, reescrevo tudo =P Nunca estou contente com o que tenho e acho sempre que posso melhorar aqui e ali...
Aparte disso, o lançamento de "Redimidos" vai ocorrer durante a Feira do Livro de Alcácer do Sal, em data a anunciar em breve ;-)


quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Opinião: “As Raparigas Cintilantes”



 
Título: As Raparigas Cintilantes
Autora: Lauren Beukes 
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 344
Editora: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04496-9

 
SINOPSE
Dizem que o que não nos mata torna-nos mais fortes. E se a morte voltar para tentar de novo?
CHICAGO, 1931: Harper Curtis, um vagabundo paranoico e violento, dá de caras com uma casa que possui um segredo tão chocante como a natureza distorcida de Curtis: permite viajar entre o passado e o futuro. Ele usa-a para perseguir as suas raparigas cintilantes - e tirar-lhes o brilho de uma vez por todas.
CHICAGO, 1992: Diz-se que o que não nos mata nos faz mais fortes. Experimente dizê-lo a Kirby Mazrachi, cuja vida ficou devastada depois de sofrer uma brutal tentativa de assassínio. Continua a tentar encontrar o agressor, tendo como único aliado Dan, um ex-repórter de crime que cobrira o seu caso anos antes.
À medida que prossegue a sua investigação, Kirby descobre as outras raparigas, as que não sobreviveram. Os indícios apontam para algo… impossível. Mas para alguém que devia estar morto, impossível não significa que não tenha acontecido.
 

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 22 outubro 2014 e dou-lhe três estrelas.
Ok, admito, estou viciada em romances, embora também deva confessar que ultimamente não tenho estado muito aberta a leituras, pelo que nem esse género me tem cativado. Seja por que motivo for, o arranque desta leitura foi demorado. As primeiras páginas arrastaram-se um bocado, mas quando cheguei mais ou menos à 70, tornou-se mais fácil e a leitura tornou-se mais fluída. Gostei particularmente quando percebi as diferenças temporais e como estavam relacionadas, mas não vou explicar melhor para não ser spoiler.
Gostava que o final tivesse sido mais desenvolvido; assim, fiquei a especular quanto ao que teria acontecido a Kirby e a Dan. Quanto a Harper, o seu final foi creepy e veio dar um novo toque ao poder da casa.
No geral, gostei e recomendo, principalmente para quem gosta deste género que combina o policial com uma pontinha de paranormal.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Opinião "Um milhão de prazeres proibidos"



Título: Um Milhão de Prazeres Proibidos
Autora: C.L. Parker
Tradução: Isabel Veríssimo
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 232
Editor: Lua de Papel
ISBN: 9789892328065


Sinopse
Para a maioria das pessoas, dois milhões de dólares são uma fortuna. Para o multimilionário Noah Crawford, foi o dinheiro mais bem gasto da sua vida. Foi quanto bastou para comprar, num leilão, a virgindade de Lanie. E não só: no preço estava incluído a fidelidade absoluta, durante dois anos seguidos, da mulher mais bela e sensual que jamais conheceu. No entanto, quando o charmoso magnata descobre a verdadeira razão que levou Laine a vender-se, é obrigado a enfrentar a decisão mais difícil da sua vida - e libertá-la de todos os compromissos. Há prisões, no entanto, de onde ninguém quer escapar. Lanie sabe que estava presa a um contrato sem sentido. Mas sabe também que não concebe viver sem Noah - o que os une é muito mais do que um papel assinado, muito mais do que o sexo ardente que têm vivido desde que se conheceram…
Lanie toma uma decisão. Nada poderá afastá-los. Nem o terrível inimigo de Noah, que espreita a primeira oportunidade para destruir o rival; nem o tenebroso segredo que Noah insiste em não partilhar, nem mesmo com ela. Ela vai mostrar-lhe que pertencem um ao outro, mesmo que assim ponha em risco uma paixão que nunca poderá ser comprada ou vendida.

Opinião
Acabei de ler este livro a 15 de outubro de 2014 e dou-lhe 2 estrelas.
Não sei explicar porquê, mas não me cativou. O primeiro achei-o interessante e até tinha curiosidade em saber como acabaria a história, mas acho que faltou qualquer coisa a este segundo que me prendesse a atenção. Talvez o problema seja mesmo meu, pois estou numa fase de desencanto, em que parece que nenhum livro me cativa. Talvez o melhor seja fazer uma pausa na leitura, até porque estou a tentar ler o "Raparigas Cintilantes" e também não me está a despertar qualquer interesse; estou a demorar a passar das primeiras 20 páginas. Já tiveram fases destas? Acho que preciso de um intervalo, lol.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Ficha Goodreads de "Redimidos"

"Redimidos", o terceiro volume da série "Perdidos", também já tem ficha criada no Goodreads. A mesma pode ser consultada através do link: https://www.goodreads.com/book/show/23355941-redimidos





segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Capa "Redimidos"


"Redimidos" também já tem capa. A imagem e fotografia são de Ljilja Moonchild, cujo trabalho podem conhecer em http://fantasybackgroundsstore.com/, e o lettering e conceção final de Rute Canhoto. Espero que gostem! =)



quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Desafio Goodreads completo!

E pronto, já completei o meu desafio Goodreads para este ano. 
Tinha estabelecido a meta de 50 livros e, no início do ano, até pensei em reduzir o número, pois tinha pouco tempo para ler e a vontade também não era muita, confesso. A certa altura apareceram uns livros que achei interessantes, senti-me mais animada e comecei a ler mais. 
Não vou aumentar o desafio; verei apenas no fim do ano quantos livros li afinal ;-)



terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sinopse "Redimidos"

O terceiro volume da série Perdidos, intitulado "Redimidos", já tem sinopse. Aqui está ela:

SINOPSE "REDIMIDOS"

Após a explosiva revelação do ancião Ezequiel, tudo o que Marina tomava por verdadeiro é posto em causa, deixando-a sem saber se acreditar no que sente ou nas explicações que lhe foram dadas. A única certeza que conserva é a de que livrar-se da maldição de Záfira vai ser difícil, principalmente agindo de coração partido e dividido. A par das dicas que consegue reunir com auxílios imprevistos, Marina vê a situação complicar-se ainda mais quando percebe que vai precisar da ajuda do seu anjo da guarda e o encontra em quem menos esperava. A jornada pelo submundo em busca do pergaminho da maldição vai ser arriscada, envolvendo muitos percalços e descobertas inesperadas, e o bilhete de volta para os que embarcarem na viagem não está garantido.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Irmandade da Adaga Negra 7 a 10




Entre 27 de setembro e 11 de outubro de 2014 li quatro livros da Irmandade da Adaga Negra, nomeadamente "Na sombra da vingança #7", "Na sombra do destino #8", "Na sombra do perigo #9" e "Na Sombra da vida #10". Numa apreciação geral, dou-lhes quatro estrelas.
Já não tenho muito a acrescentar sobre esta série. Gosto das histórias das personagens, mas, sinceramente, estou cansada de tantos livros e de tanta palha que não interessa pelo meio. Confesso que faço muitas vezes batota e salto umas quantas linhas à frente quando a palha aparece; os livros podiam muito bem ser reduzidos a metade do tamanho se se tirasse o que não interessa.
Estive a consultar o Goodreads e ainda há mais três pela frente =/ Que coisa... mas isto nunca mais acaba? É que JR Ward está sempre a ir buscar as personagens que, supostamente, já tinham a vida resolvida para lhe dar mais problemas. O Warth, por exemplo, já teve dois livros e ainda vai ter mais um. Não há pachorra que aguente! Como quero saber como corre a história de algumas personagens, como Qhuin e Layla, vou tentar lê-los, mas por agora vou fazer uma pausa =P

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Leituras em dia




Neste momento, voltei à Irmandade da Adaga Negra, da J.R. Ward, aproveitando o facto da Biblioteca Municipal ter adquirido os últimos volumes recentemente. Assim, de 27 de setembro para cá, li "Na Sombra da Vingança #7", "Na Sombra do Destino #8", estou mesmo a terminar "Na Sombra do Perigo #9" e amanhã conto começar a ler "Na Sombra da Vida #10". 
Não tenho publicado as respetivas opiniões, porque a minha opinião não varia muito de livro para livro; apenas há uma história que gosto um bocadinho mais que outras, mas já formei uma opinião geral. Quando concluir o décimo volume, tratarei então de escrever o que achei deles.
E vocês, o que andam a ler?

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Ponto de situação




"Lá anda ela afastada do blogue", dirão vocês e com toda a razão, mas tive os meus motivos. A última semana foi complicada: 

- em primeiro lugar devido ao meu trabalho, pois no fim de semana realizou-se uma feira, que é algo que implica muito trabalho; 
- em segundo, devido ao facto de ter passado a integrar a direção de um clube de futebol, que implica marcar presença na feira mencionada anteriormente com uma tasquinha e trabalhar nela a servir comes e bebes e toda a logística prévia e posterior que isso acarreta;  
- em terceiro, porque sempre que arranjei tempo livre, dediquei-o a corrigir o "Redimidos".

Resumindo: estou cansada... mas satisfeita. A feira correu bem, dentro das possibilidades, e consegui terminar a primeira revisão do livro. Amanhã vou avançar com a segunda revisão, pois com a primeira apaguei algumas coisas e acrescentei outras e há sempre palavras apagadas sem querer, outras a mais, gralhas, etc. O ISBN já foi pedido para a versão de impressão e também para o ebook e as coisas estão a andar =)

Quanto a leituras, amanhã publicarei outro post ;-)

Beijos e boas leituras!

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Capa do Dia

A Capa do Dia é uma sugestão da Dalila Santos, cujo contributo agradeço. 
Se também  quiserem enviar-me uma capa de livro de que gostem ou uma imagem relacionada com livros ou leitura de que gostem, podem fazê-lo através do e-mail rutecanhoto1@gmail.com ;-)


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Capa do Dia

A Capa do Dia é uma sugestão da Dalila Santos, cujo contributo agradeço. 
Se também  quiserem enviar-me uma capa de livro de que gostem ou uma imagem relacionada com livros ou leitura de que gostem, podem fazê-lo através do e-mail rutecanhoto1@gmail.com ;-)


terça-feira, 23 de setembro de 2014

Opinião: "Na Sombra do Amor"




Título: Na Sombra do Amor (Irmandade da Adaga Negra - Volume VI)
Autora: J. R. Ward 
Tradução: Dina Antunes
Edição: 2012
Páginas: 680
Editora: Casa das Letras
ISBN: 9789724620589


SINOPSE
Em Caldwell, Nova Iorque, a guerra entre vampiros e os seus assassinos torna-se mais sangrenta e perigosa. A única esperança é um grupo secreto de irmãos - vampiros guerreiros, acérrimos defensores da sua raça. E Phury é o mais fiel à Irmandade da Adaga Negra. 
Casto e leal, Phury sacrifica-se pela raça, assumindo a responsabilidade de dar origem a toda uma nova geração de vampiros guerreiros que continuará a proteger a raça e a manter vivos os costumes. No entanto, Phury terá de enfrentar a voz interior que o atormenta e combater o vício que o afasta da batalha cada vez mais sangrenta entre vampiros e os seus inimigos. Mas a sua única salvação é um amor proibido que pode condenar toda a raça. 
O desejo que Cormia sente por Phury vai muito para além da obrigação e do futuro da raça. Dividida entre a responsabilidade e o amor pelo macho que tem de partilhar com as fêmeas escolhidas, Cormia esforça-se por se conhecer a si própria e salvar o seu amado.

OPINIÃO
Concluí a leitura deste livro a 10 de setembro de 2014 e dou-lhe duas estrelas.
Sinceramente, estou farta desta série. Quero saber o final, mas caramba, a JR estica até dizer chega! A minha paciência já esticou demais. Talvez leia o próximo volume lá mais para a frente, mas agora não me apetece pegar nesta série.
Porquê duas estrelas? Acompanhar a história de várias personagens ao mesmo tempo é um fastio. Estou farta! Saltitando de um para outro, a autora negligenciou a história de Phury e Cormia, que não teve o mínimo interesse e não cativou, além de parecer altamente improvável. "Focus, girl!", apetece-me dizer. Além disso, estar sempre a divagar sobre o passado e abusar do diálogo interior é demais - as 600 páginas facilmente se reduziam a 300 com tanta palha.
Não gosto de escrever opiniões negativas, mas, sinceramente, estou mesmo farta...
 

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Opinião: "A Sedução", Nicole Jordan



Título: A Sedução (Série Notorious - Volume 1)
Autora: Nicole Jordan
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 352
Editor: Livros d'Hoje
ISBN: 9789722035408


SINOPSE
Londres 1810: Lorde Damien Sinclair, o mais reconhecido libertino da alta sociedade londrina, preocupa-se apenas com o seu próprio prazer, até que a sua irmã mais nova, Olivia, num encontro proibido, sofre um acidente e a sua reputação fica arruinada. Damien fará de tudo para destruir o jovem culpado pelo estado de Olivia… E Vanessa Wyndham protegerá o seu insensato irmão a todo o custo, mesmo que isso signifique entrar num pacto ilícito com o perigosamente bonito «Lorde Sin». Quando Vanessa se oferece para o cargo de ama de companhia da irmã incapacitada de Lorde Sin, Damien aceita mas impõe uma condição escandalosa - ele perdoará a «dívida» do seu irmão, se ela concordar tornar-se sua amante.
E assim começa a sedução. Mas, será que assim que o acordo termina, vão conseguir escapar com os corações intactos?

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 6 de setembro de 2014 e dou-lhe três estrelas.
De entre esta coleção da Nicole Jordan, este não é o meu livro favorito; talvez por ter sido o primeiro volume, achei que precisava de um bocadinho de mais trabalho. As cenas românticas foram mais cruas e envolviam menos sentimento. Tratando-se do primeiro livro da série, acho que a autora melhorou nos seguintes, pelo que gostaria de continuar a seguir o seu trabalho.
Não me vou alongar mais, pois as histórias são tão parecidas em termos de enredo, que a minha opinião pouco varia.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Opinião: “Na Sombra do Sonho”




Título: Na Sombra do Sonho (Irmandade da Adaga Negra - Volume V)
Autora: J.R. Ward
Tradução: Ana Lourenço
Edição: 2011
Páginas: 662
Editora: Casa das Letras
ISBN: 978972462041

SINOPSE
Impiedoso e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, carrega uma temível maldição consigo, a assustadora habilidade de prever o futuro. Foram inúmeras as tormentas e abusos por que passou enquanto crescia no campo de batalha do seu pai e, como qualquer outro membro da Irmandade, não tem interesse no amor ou em emoções, apenas na luta contra a Sociedade Lessening. Contudo, uma imprevista injúria mortal torna-o responsável por uma cirurgiã, Jane Whitcomb, levando-o a revelar a sua dor mais profunda e a sentir o verdadeiro prazer pela primeira vez - até que o destino, que ele não escolheu, o leva a um futuro avassalador que não a inclui mais.


OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 3 de setembro de 2014 e dou-lhe três estrelas.
Há já algum tempo que não lia nada desta série, mas a Biblioteca Municipal de Alcácer adquiriu dois novos volume e aproveitei para os requisitar.
Aquilo que destaco de positivo de imediato no estilo de JR Ward, é que, mesmo que seja o primeiro livro que lemos da série, a história é de fácil compreensão e não perdemos o fio à meada. Aquilo de que menos gosto, é que trate de tantas personagens ao mesmo tempo; preferia que a narrativa fosse mais centrada e menos dispersa para nos permitir concentrar-nos melhor e relacionarmo-nos mais com as personagens.
Em relação a esta história em particular, embora seja uma romântica incurável, não gostei da opção da autora para a personagem Jane; demasiado forçado e ficcional. Desaprovo.
Acho que o próximo livro vai ser sobre Phury, dado que o prelúdio foi lançado com os últimos eventos neste quinto volume. Vou então começar lê-lo.