terça-feira, 30 de abril de 2013

Opinião da Patrícia Rodrigues



Olá! A Patrícia, do blogue "O Prazer das Coisas", leu o meu "Perdidos", pelo que lhe agradeço. Aqui está a sua opinião:

«Há algum tempo que sigo o blogue de Rute Canhoto e quando a meados deste mês a autora se disponibilizou para ceder ebooks do seu livro para os bloggers que quisessem ler e dar a sua opinião (Link aqui, não hesitei em preencher o formulário. E porquê? Porque é uma jovem autora portuguesa e o livro insere-se no género fantástico, um dos meus preferidos. Um muito obrigada à Rute por ter disponibilizado o seu ebook.

Antes de comentar a minha classificação, vou referir alguns pontos que não resultaram tão bem comigo:
* Achei o comportamento de Marina algo estranho e repentino. Supostamente ela é uma jovem aplicada e inteligente e de repente fica quase "obcecada" com o Lucas (mesmo sem o conhecer). Apesar de ser algo normal as adolescentes gostarem do típico "bad boy", achei que foi demasiado rápido que acontecesse de um momento para o outro. Esta ideia aplica-se também ao Joshua.
* Vindo Joshua dos EUA, e apesar de ser filho de portugueses e falar bem português, julgo que teria ficado mais natural se usasse de vez em quando, algumas palavras ou expressões em inglês.
* A expressão que Ana usa com a amiga Marina - bebé. Não imagino os adolescentes a falarem desta forma, pelo menos entre raparigas. Acho o "linda" mais normal do que o "bebé" ou então pode ser só uma mania minha.
* A ideia do triângulo-amoroso. É algo que se encontra muito na moda, mas na faz muito o meu gosto. E muitas cenas em volta do tema "romance". Gostaria que a parte do mistério em torno de Lucas (sobre o que é), tivesse mais desenvolvimento.


Passando agora para aspectos positivos:
* A escrita é simples e acessível, em que não sentimos que a linguagem foi forçada. Apesar do uso de alguns brasileirismo e de uma confusão entre "dispensa" e "despensa", mas que julgo que poderão ser corrigidos em edições posteriores. Temos uma prosa que consegue ter um bom equilíbrio entre narração e diálogos.
* Apesar de estar muito na moda vampiros e anjos, a Rute trouxe-nos um novo conceito. Inferno e Demónios. E gostei dessa opção, pois dá um ar mais dark e misterioso à história.
* Apesar de existirem alguns momentos de tensão, temos também cenas que nos dão vontade de rir.
* Conseguimos facilmente identificar as personagens pelos seus diálogos.

Foi uma boa leitura e apesar de ser algo young-adult (e não sou muito fã), a história conseguiu captar a minha atenção, o que me fez ler num ápice.
Acho que a Rute Canhoto vai no bom caminho e tem potencial para nos brindar com uma boa trilogia do género fantástico e ainda por cima nacional. Uma trilogia para acompanhar!!»


Link:

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Opinião| Review: “Vingança”, Karen Marie Moning



Título: Vingança
Autora: Karen Marie Moning
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 280
Editor: Contraponto
ISBN: 9789896660192

SINOPSE
Durante séculos, o reino sombrio dos Fae coexistiu com o dos humanos. Agora as paredes que os separam estão a desmoronar-se e Mac é a única coisa que se ergue entre eles… A vida de MacKayla Lane sofreu uma transformação radical quando ela aterrou nas costas da Irlanda e se viu mergulhada num mundo de feitiçaria mortífera e segredos antigos. Na sua luta para continuar viva, Mac tem de encontrar o Sinsar Dubh— um livro da magia mais negra imaginável, com um milhão de anos, que contém a chave para o poder sobre o mundo dos Fae e do Homem. Perseguida por assassinos Fae, rodeada por figuras misteriosas nas quais sabe que não pode confiar, Mac dá por si dividida entre dois homens mortíferos e irresistíveis: V’lane, o Fae insaciável que consegue transformar a excitação sensual numa obsessão para qualquer mulher, e o sempre inescrutável Jericho Barrons, um homem tão atraente como misterioso.

OPINIÃO
E lá continuo eu a começar as séries pelo segundo livro. Já é tradição…! Enfim, acabei de ser este segundo livro da saga Bloodfever a 4 de abril de 2013. Dou-lhe cinco estrelas, pois gostei bastante.
Ler o mesmo género várias vezes de seguida pode ser desgastante e dar a sensação de que se está a ler mais do mesmo, no entanto “Vingança” veio mudar o paradigma. É uma história fluída, fácil de ler e deveras cativante.
Gostei bastante da Mac e fiquei com pena de não ter lido o primeiro volume, pois parece-me que houve uma grande mudança na personagem aquando da morte da sua irmã gémea. Era bom ficar a conhecer essa evolução melhor.
Também gostei de Barrons. É misterioso, parece esconder um monte de segredos. Acho que, no final de contas, aquilo entre ele e a Mac vai dar em algo, mas estou apenas a especular, lol!
Pelo que percebi, existem 10 volumes desta série. Vou tentar encontrar mais uns na net para ver se os compro, pois gostei mesmo muito. Foi uma lufada de ar fresco, sem dúvida alguma. Adorei o estilo da escritora e as suas ideias.




BLURB
I used to be your average, everyday girl but all that changed one night in Dublin when I saw my first Fae, and got dragged into a world of deadly immortals and ancient secrets. . . .
In her fight to stay alive, MacKayla must find the Sinsar Dubh—a million-year-old book of the blackest magic imaginable, which holds the key to power over the worlds of both the Fae and Man. Pursued by assassins, surrounded by mysterious figures she knows she can’t trust, Mac finds herself torn between two deadly and powerful men: V’lane, the immortal Fae Prince, and Jericho Barrons, a man as irresistible as he is dangerous.
For centuries the shadowy realm of the Fae has coexisted with that of humans. Now the walls between the two are coming down, and Mac is the only thing that stands between them

REVIEW
And there I continue to read the series starting by the second book. It’s already a tradition...! Anyway, I just read this second book in the Bloodfever saga on April 4th  2013. I rate it five stars, because I really liked it.
Reading book of the same gender several times can be exhausting and give you the feeling that you’re reading more of the same, but "Revenge" changed the paradigm. It's a flowing story, easy to read and quite captivating.
I really liked Mac and I regret not to not have read the first volume, since it seems to me that there was a major change in the character on the death of her twin sister. It was good to know better this evolution.
I also liked Barrons. He's mysterious and seems to hide a lot of secrets. I think that, in the end, he and Mac will have something going on, but I'm just speculating, lol!
From what I understand, there are 10 volumes in this series. I'll try to find some more on the net to buy them, because I liked it a lot. It was a breath of fresh air, without a doubt. I loved the style of the writer and her ideas.



domingo, 28 de abril de 2013

Livros&Blogues| Books&Blogs



Nome: Sassy Book Lovers
Administradoras: Stacey e Renee


ENTREVISTA COM A RENEE

OLÁ! QUANDO CRIASTE O TEU BLOGUE E QUE TE MOTIVOU A FAZÊ-LO?
Oi! A Stacey e eu (Renee) criámos o Sassy Book Lovers há 2 anos atrás. Tornámo-nos amigos online há 5 anos devido ao nosso amor pelos livros de Crepúsculo e, depois de anos sempre discutindo livros juntos, pensámos porque não partilhar os nossos pensamentos com os outros. Foi por isso é que criámos o Sassy Book Lovers.

FALA-NOS UM POUCO SOBRE O BLOGUE.
Nós temos uma série de coisas no nosso blogue, desde críticas de livros e revelação de capas a blog hops e passatempos, próximos autores e até mesmo entrevistas a autores. Tudo a ver com livros pode encontrar-se lá.

TENDO EM CONTA OS OBJETIVOS DEFINIDOS PARA O BLOGUE, QUAIS FORAM OS MAIS FÁCEIS E DIFÍCEIS DE ALCANÇAR?
A coisa mais difícil foi começar; levámos alguns meses para nos estabelecermos como críticas literárias. Lançar o nosso nome foi, definitivamente, o mais difícil do processo. Hoje em dia, a coisa mais difícil para nós é a gestão tempo e publicar post e reviews a tempo e horas. Temos de rejeitar um monte de pedidos por causa da elevada quantidade que recebemos.

QUE FEEDBACK TÊM TIDO SOBRE O BLOGUE?
Temos muita sorte de ter recebido um feedback muito positivo sobre o blogue. Tentamos manter tudo tão profissional e honesto quanto possível, sem sermos rudes ou más. Só tivemos duas experiências ruins com um autor e um seguidor, assim, nos dois anos do blogue, não é um rácio mau, pois não?


INTERVIEW WITH RENEE

HI! WHEN DID YOU CREATE YOUR BLOG AND WHAT MOTIVATED YOU TO DO IT?
Hi! Stacey and I (Renee) created Sassy Book Lovers 2 years ago. We became online friends 5 years ago through the love of the Twilight books and after years of always discussing books together we thought why not share our thoughts with others. That's when we created Sassy Book Lovers.

TELL US A LITTLE ABOUT YOUR BLOG.
We feature a range of things on our blog from book reviews and cover reveals to blog hops and giveaways, up and coming authors and even author interviews. Anything to do with books you can find there.

UPON THE GOALS YOU SET FOR YOUR BLOG, WHICH WERE EASIER AND MORE DIFFICULT TO ACHIEVE?
The most difficult thing was getting started. It took us quite a few months to get established as book reviewers. Getting our name out there was definitely the hardest process. These days the hardest thing for us is time management and getting posts and reviews done on time. We have to turn down a lot of requests because of the amount we have.

WHAT FEEDBACK ON YOUR BLOG HAVE YOU HAD?
We have been really lucky to have received really positive feedback about the blog. We try to keep everything as professional as possible and as honest as possible without being rude or mean. We have only ever had about 2 bad experiences with an author and a follower, so in the 2 years that the blog has been going that’s not a bad ratio right?

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Cantinho da Leitura



LOL! Muito à frente! Sinceramente, não me vejo a ler na banheira. E se o livro se molha? E se estou a gostar de ler e não quero parar, mas tenho que o fazer senão fico que nem uma uva passa? Naaaa! Este não era para mim =P

quinta-feira, 25 de abril de 2013

25 de abril!


Opinião: “A Hora dos Elfos”, Jean-Louis Fetjaine





Título: A Hora dos Elfos
Autora: Jean-Louis Fetjaine
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 206
Editor: Edições Europa-América
ISBN: 9789721049949


SINOPSE
O mundo, até então dividido entre anões, monstros, elfos e homens, perdeu o seu equilíbrio depois destes últimos se apoderarem do talismã dos anões, a legendária espada Excalibur. Dividido entre a sua esposa, a cristã Ygraine, e Lliane, a rainha dos elfos, o rei Uter toma a decisão de devolver a espada sagrada e de assim restaurar a antiga ordem.
É então que os monstros invadem o reino de Logres e aniquilam os seus adversários desunidos. Enfraquecidos e aterrorizados, os homens voltam-se de novo para os elfos, esperando que o povo das árvores venha em seu socorro.
Exilada na ilha de Avalon com a sua filha Morgana, e acompanhada do misterioso Merlim, aceitará a rainha Lliane, mais uma vez, arriscar tudo pelo amor de Uter?
Adivinha-se uma derradeira batalha, onde se jogará o destino do mundo e da antiga Ordem. As hostes de orcs, trolls, gobelins, sob o estandarte de Aquele-que-não-pode-ser-nomeado, ameaçam destruir o mundo de Mitgaard - a Terra Média - e acabar de vez com a aliança de elfos, anões e humanos...
Neste terceiro e último volume da epopeia fabulosa que consagrou o talento de narrador de Jean-Louis Fetjaine, uma alvorada banhada do maravilhoso, de paixões e de dramas ergue-se sobre a lenda arturiana.

OPINIÃO
Concluí esta leitura a 22 de abril de 2013 e dou-lhe quatro estrelas.
Acho que Jean-Louis Fetjaine se redimiu um pouco neste livro em relação ao anterior. A escrita tornou-se um pouco mais emocionante em termos de ação e também revelação de sentimentos, e embora a narrativa ainda tenha alguma “palha”, está melhor. E lembram-se de ter dito que gostava que certas personagens regressassem, como o Maheolas? Bem, ele voltou efetivamente (lol), mas teve um papel quase de figurante. Gostava que tivesse sido melhor explorado, pois era uma personagem que parecia prometedora no primeiro livro antes das Crónicas dos Elfos…
Passando à frente, gostei da história, recordei alguns pontos de que tinha ouvido falar noutros livros ou em filmes e achei isso giro – é bom identificarmo-nos com algo.
Gostava de saber o que vai acontecer, por um lado, mas por outro, creio que já chega de Fetjaine – está na altura de avançar para outro autor, até porque este parece que pouco ou nada evolui em termos de escrita de um livro para outro.



quarta-feira, 24 de abril de 2013

3Capas| 3Covers


Eis as minhas capas preferidas desta semana. O que acham? E vocês, que capas de livros elegeriam como as vossas três favoritas? Façam-me chegar um e-mail com as mesmas a rutecanhoto1@gmail.com. A vossa opinião é importante!


Here are my favourite three books covers of this week. Do you like them? And you, which book covers would you elect as your favorites three? Send me an email with them to rutecanhoto1@gmail.com. Your opinion is important!








segunda-feira, 22 de abril de 2013

Opinião| Review: “As Viúvas de Eastwick”, John Updike



Título: As Viúvas de Eastwick
Autora: John Updike
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 297
Editor: Civilização Editora
ISBN: 9789722627962


SINOPSE
"Aqueles, entre nós, que conhecem a história sórdida e escandalosa delas, não ficaram surpreendidos ao saber, através de rumores das várias localidades onde as feiticeiras se estabeleceram depois de fugirem da nossa prazenteira vila de Eastwick, em Rhode Island, que os maridos que as três mulheres renegadas por Deus tinham conjurado para si mesmas através das suas artes negras não se tinham mostrado duradouros. Os métodos perversos fazem produtos fracos. Criações falsificadas de Satã, sim, mas com materiais inferiores."

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 31 de março de 2013 e dou-lhe três estrelas.
Sinceramente, não gostei muito e fiquei desapontada. Como tinha visto na FoxLife uma série com o mesmo título, esperava algo mais desse género, mas saiu-me completamente ao lado – não tem nada a ver. Conforme me apercebi depois, afinal este é o segundo volume de uma série e o primeiro chama-se “As Bruxas de Eastwick” – talvez esse seja mais parecido com a série. Vou ver se está disponível na biblioteca municipal.
Quanto a estas viúvas, é uma história que achei aborrecida, com demasiada descrição e momentos mortos. Basicamente, as três mulheres ficam viúvas e agora, sozinhas, velhas e com os filhos criados, tentam fazer algo com os últimos anos que lhes restam, nomeadamente passear e conhecer sítios novos. Achei interessante a perspetiva que algumas pessoas de idade possam ter sobre certos assuntos, mas, no geral, foi demasiado aborrecido para mim, pelo que, admito, passei muitas páginas à frente, lendo apenas os diálogos em algumas, mas enfim… ao menos cheguei ao fim.




BLURB
More than three decades after the events described in "The Witches of Eastwick, " Alexandra, Jane, and Sukie--widowed, aging, and with their occult powers fading--return for the summer to the Rhode Island town where they once made piquant scandal and sometimes deadly mischief. But what was then a center of license and liberation is now a "haven of wholesomeness" populated by hockey moms and househusbands primly rebelling against their absent, reckless, self-involved parents. With spirits still free but energy waning, the three women reconstitute their coven to confront not only this youthful counterspell of propriety but also the enmity of those longtime townsfolk who, through their youthful witchery, they irreparably harmed. In this wise and wicked satire on the way we make peace with our pasts, John Updike proves himself a wizard on every page.

REVIEW
I just read this book on March 31st 2013 and I rate it three stars.
Honestly, I did not like it and it was disappointed. As I had watched on FoxLife a series with the same title, I expected something more like that, but is had nothing to do with it. As I realized later, this is the second volume of a series and the first is called "The Witches of Eastwick" - maybe this is more like the series. I'll see if it is available in the municipal library.
As for these widows, it’s a story that I found boring, with too much description and dead moments. Basically, the three women widowed and now, alone, and with their children raised, they try to do something with the last few years left to them, including touring and meeting new sites. I found it interesting the perspective that some older people might have about certain issues, but overall, it was too boring for me, so, I admit, I passed many pages ahead, just reading the dialogues in some, but anyway... at least, I got to the end.


domingo, 21 de abril de 2013

Livros&Blogues| Books&Blogs



Nome do blogue: Sarah's Reviews
Administradora: Sarah Santana
Link Facebook:


ENTREVISTA COM A SARAH

OLÁ! QUANDO CRIASTE O TEU BLOGUE?
Comecei o Sarah’r Reviews no verão de 2010.

O QUE TE MOTIVOU A CRIÁ-LO?
Queria aprender a blogar e escrever críticas de livros, por isso um blogue de críticas literárias pareceu-me uma boa escolha :-)

O QUE PODEM OS VISITANTES ENCONTRAR NO TEU BLOGUE?
Escrevo críticas literárias cujo foco incide sobre coisas como sexualidade, violência e profanidade. Além dos meus comentários, tenho posts que incidem sobre os próximos lançamentos, trailers de livros, resumos da trama, entrevistas a autores e notícias de livros que estão a ser convertidos em filmes. Tudo é facilmente acedido a partir do meu blogue principal, Sarah’s Reviews.

COMO VÃO AS COISAS DESDE A CRIAÇÃO DESTE ESPAÇO ATÉ HOJE?
As coisas têm corrido muito bem! Eu realmente gostei de fazer parte dos bloggers literários e da comunidade leitora. O blogue pode ser um desafio, especialmente com o compromisso de tempo necessário para fazer comentários - mas aprendi uma tonelada de coisas!

QUAIS AS MAIORES DIFICULDADES QUE ENCONTASTE COMO BLOGGER?
Encontrar tempo e aprender a fazer as coisas em HTML.

QUAL A MAIOR ALEGRIA TEU BLOGUE TE DEU?
O sentimento de realização que se tem ao terminar uma crítica e ter outros a beneficiarem dela.


INTERVIEW WITH SARAH

HELLO! WHEN WAS YOUR BLOG BORN?
I started Sarah's Reviews in the Summer of 2010.

WHAT REASONS LED YOU TO CREATE IT?
I wanted to learn how to blog and write book reviews so a book review blog seemed a good choice. :-)

WHAT CAN VISITORS FIND IN THE BLOG?
I write content based book reviews that focus of things like sexuality, violence and profanity. In addition to my reviews I have off shoot book blogs that focus on upcoming releases, book trailers, plot summaries, author interviews and news on books that are being made into feature films. All of these are easily accessible from my main Sarah's Reviews blog.

HOW DID THINGS GO SINCE YOU CREATED THIS SPACE UNTIL TODAY?
Things have gone great! I've really enjoyed being part of the book blogger and reader community. Blogging can be a challenge -especially with the time commitment required to do reviews - but I've learned a ton!

WHAT WERE THE BIGGEST DIFFICULTIES YOU FOUND AS A BLOGGER?
Finding Time, and learning how to do things in HTML. 

WHAT’S THE GREATEST JOY YOUR BLOG HAS GIVEN YOU?
The sense of accomplishment you get from finishing a review and having others benefit from it.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Nova página| New page

Olá a todos!
Não sei se já repararam, mas resolvi criar uma página no blogue inteiramente dedicada à versão inglesa do meu livro "Perdidos", intitulado "Lost Ones". Esta página pode ser acedida através da página "Livros Meus" ou então diretamente através da imagem que se encontra na barra lateral direita. Como será de esperar, a página está inteiramente em inglês, a pensar em quem lê nessa língua. Espero que gostem =)


Hello, everyone!
I don't know if you noticed, but I decided to create a page on the blog entirely devoted to the English version of my book "Perdidos," entitled "Lost Ones". This page can be accessed through the page "My Books" or directly through the image that's on the right sidebar. As you might expect, the page is entirely in English, thinking of who reads in that language. I hope you like it =)





quarta-feira, 17 de abril de 2013

3Capas| 3Covers



Eis as minhas capas preferidas desta semana. O que acham? E vocês, que capas de livros elegeriam como as vossas três favoritas? Façam-me chegar um e-mail com as mesmas a rutecanhoto1@gmail.com. A vossa opinião é importante!

Here are my favourite three books covers of this week. Do you like them? And you, which book covers would you elect as your favorites three? Send me an email with them to rutecanhoto1@gmail.com. Your opinion is important!






terça-feira, 16 de abril de 2013

Entrevista a Carla Ribeiro


Na sequência da minha leitura de “Os Senhores da Sombras”, enviei uma pequena entrevista à respetiva autora, Carla Ribeiro. Aqui fica então a oportunidade de a conhecerem melhor e ao seu trabalho.

OLÁ, CARLA. PODEMOS COMEÇAR COM UMA PEQUENA APRESENTAÇÃO?
Olá. Bem, para começar, nunca sei bem o que dizer sobre mim. Mas, em jeito de resumo, tenho vinte e seis anos e muitas histórias para contar. Tenho o vício da leitura e, apesar dos ocasionais bloqueios, também o da escrita. Gosto de ler, independentemente de temas e géneros, e, por isso, também o que escrevo pode ser de diferentes géneros.

QUANDO COMEÇASTE A ESCREVER?
Se olhar para trás com atenção às pequenas coisas, consigo encontrar episódios de escrita quase desde que me conheço. O ponto em que a ligação se tornou séria, esse, aconteceu quando eu tinha uns catorze anos. Foi a altura em que essas ideias ocasionais se tornaram numa vontade mais definida. A partir daí, a escrita passou a ser uma companheira, de momentos maus e de momentos muito bons.

O QUE TE LEVOU A DAR O SALTO E DECIDIR PARTIR PARA A PUBLICAÇÃO DO UM LIVRO?
Quando uma história se começa a formar na minha cabeça, é quase inevitável que, mais cedo ou mais tarde, vou ter de a escrever, caso contrário a história vai continuar a crescer nos meus pensamentos e a aparecer nas alturas mais improváveis. Mas fica a sempre a sensação de algo incompleto no acto de contar uma história, se ninguém estiver lá para a ouvir. Queria contar as minhas histórias a alguém, não apenas a mim mesma. E, a partir daí, pareceu-me que o passo que faltava seria tentar a publicação.

QUAIS AS MAIORES DIFICULDADES QUE TENS ENCONTRADO PELO TEU CAMINHO ENQUANTO ESCRITORA?
Duas em particular. A primeira é que, sendo uma pessoa relativamente insegura, bastam pequenas coisas para me abalar o processo criativo, o que resulta quase sempre em bloqueio. Racionalmente, tenho consciência de que há sempre pontos positivos e negativos, mas isso não lhes retira necessariamente o impacto emocional. A outra dificuldade é comum a muitos outros na minha posição: a estrada para a publicação nunca é fácil e tê-lo feito uma vez não garante as seguintes. Mas não estou a dizer nada de novo, pois não?

QUAL O TEU GÉNERO LITERÁRIO PREFERIDO?
Tento não me limitar a um género, mas sempre tive uma paixão especial pela literatura fantástica. Foi em livros do género que encontrei algumas das histórias e das personagens que mais me cativaram e, por isso, foi sempre o género que mais me fascinou. Gosto de explorar mundos e tempos alternativos, de hierarquias diferentes, de situações diferentes das do nosso tempo. E a literatura fantástica permite-me encontrar tudo isso.

QUANTO A “SENHORES DA NOITE”, PORQUE APOSTASTE NO TEMA DOS IMORTAIS?
Tinha uma ideia específica do que queria para a história do Senhores da Noite: queria uma história sem heróis. Tenho uma tendência para esse tipo de personagem e queria explorar uma ideia em que invertesse essa tendência. Mas também não queria pensar nas personagens como apenas vilões. Queria que o seu lado negro tivesse justificações e motivações capazes de gerar empatia. Por isso, criei-lhes um conflito global que os pusesse em circunstâncias difíceis. E, para que o conflito pudesse durar gerações, e para os deixar numa posição de comando, fi-los Imortais e capazes de dominar a magia.

QUE FEEDBACK TENS RECEBIDO A PROPÓSITO DESTE LIVRO?
Tenho de admitir que não acompanho de perto o que se diz sobre o meu livro, principalmente devido às tais inseguranças de que falei lá atrás. Mas houve quem me contactasse directamente para partilhar impressões. E, nalguns casos, essas impressões eram bastante positivas, o que me deixou feliz.

SEI QUE TENS OUTROS LIVROS PUBLICADOS. QUAIS SÃO E O QUE ABORDAM?
São essencialmente de dois géneros. Escrevo bastante poesia e, ainda que muita dela esteja na gaveta, também publiquei alguma. São os livros Estrela sem Norte, Canto de Eternidade, Alma Abandonada e Dualidades (este foi escrito em conjunto com outra autora, a Susana Catalão). Além destes, há os que, na minha cabeça, chamo de saga Arasen: Alma de Fogo, Herdeiros de Arasen (I e II) e O Deus Maldito. Fazem parte de uma série, e a história enquadra-se (sem surpresas) na literatura fantástica, com um sistema governado por magos como base. Por último, há os mais recentes: E Morreram Felizes para Sempre, um conjunto de contos e Pela Sombra Morrerão, uma novela de horror com vampiros. Além do Senhores da Noite, claro.

QUANDO SAI O PRÓXIMO LIVRO?
Neste momento, não sei. O livro está pronto há bastante tempo, já foi revisto umas quantas vezes e estou satisfeita com o resultado. Mas a decisão não depende só de mim, por isso tudo o mais está em aberto.

QUE OBJETIVOS TENS PARA A TUA VIDA NA VERTENTE LITERÁRIA?
Superar as fases de bloqueio e continuar a contar as histórias que me povoam a imaginação. E, se for possível, continuar a fazer com que cheguem a quem as queira ler.

ONDE PODEM OS LEITORES ENCONTRAR-TE?
Podem encontrar-me no Facebook, emhttps://www.facebook.com/carla.ribeiro.5811 e no twitter (https://twitter.com/CarlaSRibeiro). Quanto aos blogues, há o Vale das Sombras (http://valedassombras.blogspot.pt/) que tem estado mais parado, mas onde publico alguns poemas, e o As Leituras do Corvo (http://asleiturasdocorvo.blogspot.pt/), onde escrevo sobre as minhas leituras.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Opinião: “Senhores da Noite”, Carla Ribeiro



Título: Senhores da Noite
Autora: Carla Ribeiro
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 161
Editor: Fronteira do Caos
ISBN: 9789898070470


SINOPSE
Possuem o dom da imortalidade. Controlam as forças da magia com o poder da sua vontade e, através da sua imunidade à morte, subjugaram a humanidade. Têm, contudo, uma fraqueza: vivem numa guerra constante.
Moranius Sinister é o mais antigo dos imortais, único sobrevivente de um tempo onde a sua raça vivia sob as leis de um império. No presente, contudo, são já escassos os imortais e todos eles desejam o poder dos seus iguais. Para conquistar as suas ambições, pois, Moranius vê-se obrigado a, juntamente com a sua amante, Deletress Aventra, estabelecer um plano para eliminar do seu caminho os restantes imortais, apesar de todas as revelações ainda ocultas no tempo.
Nenhum caminho ficará por percorrer. Nenhum segredo será deixado por revelar. Nenhum ser vivo ficará seguro. Num mundo governado pela lenda do Senhor da Noite, a supremacia não admite um plural.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 26 de março de 2013 e dou-lhe quatro estrelas.
Em primeiro lugar, quero congratular a autora pelo seu excelente Português – apenas encontrei um erro, o que me deixou muito contente, além de que a história tem termos com os quais aprendi mais qualquer coisinha.
Em segundo, gostei da história no geral. Contudo, tive sempre presente a sensação de que já sabia a história e, de facto, acertei em tudo até ao final, o que me levou a perguntar-me se já tinha lido o livro antes. Talvez; não costumava tomar nota dos livros que lia, só o faço desde que me juntei ao Goodreads… fico então sem saber que era conhecimento prévio ou se as peças apenas se juntaram facilmente.
De qualquer modo, creio que é uma história bem criada e gostei do curso que tomou, sendo que nada ficou ao acaso. As personagens pareceram-me fortes e credíveis. Apenas gostava que o final tivesse sido um pouco mais desenvolvido.




domingo, 14 de abril de 2013

Livros&Blogues| Books&Blogs



Nome do blogue: A Leitura é um Oásis
Administradora: Ana Raquel Sardinha
Link do Facebook:


ENTREVISTA COM A ANA

OI! QUANDO CRIASTE O TEU BLOGUE E O QUE TE MOTIVOU A FAZÊ-LO?
O que me motivou a criar o meu blogue foi a grande paixão que tenho pelos livros e a necessidade de criar um registo sobre os livros que leio.

FALA-NOS UM POUCO SOBRE O TEU BLOGUE.
Bem, o meu blogue contempla opiniões sobre os livros que leio, alguns passatempos realizados em parceria com editoras, algumas entrevistas a autores, assim como a divulgação das novidades literárias das editoras que detenho parceria.

RELATIVAMENTE AOS OBJETIVOS QUE ESTABELECESTE PARA O TEU BLOGUE, O QUE APONTARIAS COMO MAIS FÁCIL E MAIS DIFÍCIL DE CONCRETIZAR?
O mais fácil é a leitura dos livros, porque o faço com paixão. O mais difícil tem a ver com a gestão do tempo, pois como trabalho e tenho outros projetos profissionais a decorrer atualmente, torna-se mais difícil e desafiante atualizar o meu blogue e a minha página do Facebook.

QUE FEEDBACK TENS TIDO DO TEU TRABALHO NO BLOGUE POR PARTE DOS INTERNAUTAS, E ATÉ DOS PRÓPRIOS AUTORES E EDITORAS?
O meu blogue tem pouco mais do que 1 ano de existência, mas já cresceu imenso e chegou onde eu não pensava que fosse possível chegar, não pelo menos a fim de 1 ano de existência. Nesta linha, o feedback que eu tenho recebido, de uma forma geral, é positivo, quer das editoras/autores e dos internautas.

Que aspirações tens para o teu blogue em relação ao futuro?
Espero que o meu blogue torne-se numa referência na Blogosfera Literária.

Reparei no teu blogue que também escreves. Podes falar-nos um pouco sobre o teu trabalho?
Eu escrevo, mas ainda não publiquei nenhum livro. Talvez um dia o faça. 
Contudo, estive recentemente envolvida na publicação do livro da minha falecida mãe. “Viagem à Terra da Fantasia”, de Maria da Gracia da Luz Sardinha Francisco, é um livro de contos infanto-juvenis. Estes 11 contos presenteiam o leitor com valores, como a bondade, o amor, a partilha e o viver em comunidade (há muito que a nossa sociedade se tornou individualista e competitiva). Os heróis destas histórias são príncipes e princesas, e assemelham-se à serie “Once Upon a Time” ou “Era uma vez”.
Quanto à fase de publicação, foi um processo moroso. Primeiro, por projetos profissionais fui adiando a procura de editoras que pudessem publicar os contos infanto-juvenis da minha mãe. Desta forma, com quase 3 anos depois do falecimento da autora, portanto em inícios de 2012, eu e as minhas irmãs iniciámos a busca por editoras, com o objetivo de publicar os ditos contos. E, em segundo, não foi fácil conseguir uma editora que se interessasse por uma linha editorial infanto-juvenil. Mas no final, todo o esforço valeu a pena. Muito obrigada, Rute por teres lembrado do meu cantinho. Beijos 

PS: Deixo aqui o link da página no facebook do livro: “Viagem à Terra da Fantasia”:http://www.facebook.com/pages/Viagem-%C3%A0-Terra-da-Fantasia/437652706290511?fref=ts