sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Guest post by Jana Oliver, author of Demon Trappers

Uma rapariga, um rapaz e alguma prole demoníaca da pesada…

Quando o quarto livro da série “Demon Trappers” foi publicado em 2012, os meus editores disseram "Este é o último livro". Os meus leitores ficaram tristes. Eu também, porque no fundo do meu coração eu sabia que sempre tinha planeado seis livros. Havia mais "história" para contar.

Avançando para 2013, os meus leitores continuaram a contactar-me, querendo mais livros de Riley Blackthorne e Denver Beck. Onde iam ficar noivos, casar? Ter bebés? (Recebo um monte de e-mails sobre o último.)

Então escrevi a novela “Grave Matters” publicada de forma independente (Demon Trappers #4.5). Tem lugar em Edimburgo, Escócia, onde Beck está a fazer o seu treino para se tornar um grande mestre. Riley junta-se a ele aí e coisas más acontecem (como costuma acontecer com estes dois). Mas no final do livro encontramo-los <SPOILER> noivos e ansiosos pelo futuro, mais fortes do que nunca.

Um ano mais ou menos passou enquanto trabalhava noutros livros, mas as minhas duas personagens favoritas continuaram a dar-me cotoveladas nas costelas. Continuaram a sussurrar-me aos ouvidos. Quando fiz uma pausa entre os projetos nesta primavera, MIND GAMES saiu-me dos dedos a alta velocidade. Foi tão rápido que foi embaraçoso. Aparentemente ter algum tempo para pensar sobre a história tornou mais fácil escrevê-la.

Sou uma grande fã de "consequências não intencionais", aquelas coisas que regressam para nos assombrar, porque as fizemos por serem o acertado num determinado momento. Riley está a enfrentar esse tipo de problemas após a sua quase-morte em Edimburgo. Desejosa de proteger-se e ao seu noivo, Denver Beck, ela começa a aprender magia das bruxas e dos conjuradores.

Mas isso é um problema para algumas pessoas. Riley é confrontada com dois caminhos: abandonar o sonho que tem desde que o seu pai se tornou-se num mestre caçador de demónios ou seguir numa nova direção, uma direção cheia de ainda mais incerteza e perigo.

A coisa que mais gosto em Riley e Den é que eles continuam a crescer ao longo da série. Eles cometem erros, mas aprendem, amadurecem. E o seu amor permanece forte apesar do que o Inferno (e vida quotidiana) lhes atira. Adoro escrever as suas histórias.

Agora que MIND GAMES saiu, prevejo mais um livro da série. Não, não haverá nenhuns nascimentos (sorriso), mas a razão por que Riley e Beck aguentaram e sofreram tanto, tornando-se quem são, será revelada. E, esperançosamente, eles podem superar o perigo mais grave que os ameaça não só a eles, mas à cidade que chamam de casa.

Para mais sobre the Demon Trappers, ver: 

Twitter: @CrazyAuthorGirl

A girl, a guy and some seriously badass Hellspawn...

When the fourth book in my Demon Trappers’ series was published way back in 2012, my publishers said, “This is the last book.” My readers were sad. So was I, because deep in my heart I knew I’d always planned for six books. There was more “story” to tell.

Fast forward to 2013 when my readers kept nudging me, wanting more Riley Blackthorne and Denver Beck books. Where they going to get engaged, married? Have babies? (I get a lot of e-mails about that last one.) 

So I wrote and independently published GRAVE MATTERS (Demon Trappers #4.5) which is a novella. It’s primary setting is Edinburgh, Scotland where Beck is pursuing his training to become a grand master. Riley joins him there and bad stuff ensues (as it often does with these two). But at the end of that book we find them <SPOILER> engaged and looking forward to the future, stronger than ever.

A year or so passed as I worked on other books, but my two favorite characters kept elbowing me in the ribs. Kept whispering in my ears. When I took a break between projects this spring, MIND GAMES came out of the end of my fingers at lightening speed. It went so fast it was embarrassing. Apparently having some time to think through the story made it easier to write. 

I’m a big fan of “unintended consequences”, those things that came back to haunt you because you did what was right at a certain moment. Riley is facing those kind of problems after her near death in Edinburgh. Keen to protect herself, and her fiancé, Denver Beck, she’s learning magic from the witches and the summoners.

But that’s a problem for some folks. Riley is faced with two paths: abandon the dream she’s had since her father first became a master demon trapper, or go in a new direction. A direction filled with even more uncertainty and danger.

The thing I like most about Riley and Den is that they continue to grow over the course of the series. They make mistakes, but they learn, they mature. And their love remains strong throughout all that Hell (and everyday life) can throw at them. I love writing their stories. 

Now that MIND GAMES is out, I foresee one more book in the series. No, there won’t be any births (grin) but the reason that Riley and Beck had endured so much, become who they are, will be revealed. And, hopefully, they can overcome the gravest danger than threatens not only them, but the city they call home. 

For more about the Demon Trappers, check out here: 

Twitter: @CrazyAuthorGirl

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Opinião: Mind Games (The Demon Trappers #5)

A vida de Riley Blackthorne como Caçadora de Demónios está prestes a esbarrar numa parede. Sabendo que será sempre um alvo para aqueles que querem explorar as suas "ligações" com o inferno, ela decide aprender magia defensiva, a única maneira de garantir que ela e o seu noivo, Denver Beck, têm um futuro juntos. Mas nem todos em Atlanta, ou no Vaticano, estão satisfeitos com esta notícia. Na verdade, alguns querem proibir o uso de toda a magia e Riley seria o bode expiatório perfeito.
Enquanto um novo inimigo demoníaco a persegue, as políticas da Corporação turvam a cidade e atiram os Caçadores para o caos. Para proteger-se e ao homem que ama, Riley será forçada a escolher: continuar a seguir as pegadas do seu lendário pai ou esculpir o seu próprio caminho, um caminho que pode muito bem levar à perda de tudo o que tenta tão desesperadamente proteger.

Riley Blackthorne’s life as a Demon Trapper is about to hit the wall. Knowing she will always be a target for those who want to exploit her “connections” with Hell, she’s learning defensive magic. It seems the only way to ensure she and her fiancé, Denver Beck, have a future together. But not everyone in Atlanta, or at the Vatican, is pleased by this news. In fact, some want to ban the use of all magic, and Riley would make the perfect scapegoat. 
As a new demonic enemy stalks her, Guild politics roil the city, throwing the trappers into chaos. To protect herself and the man she loves, Riley will be forced to choose: continue in her legendary father’s footsteps, or carve her own path. A path that may well lead to her losing everything she so desperately seeks to protect.

Terminei a leitura deste livro a 19 de novembro de 2015 e dou-lhe quatro estrelas.
Fiquei contente por voltar a ler algo desta série. Quando se pensava que a história tinha chegado ao fim, Jana Oliver decidiu avançar no tempo e deixar-nos espreitar o futuro de Riley e Beck. E parece que tudo continua igual, com o velho Lúcifer e os demónios a fazerem das suas. A maior novidade está em Riley, que começou a aprender magia e estreou-se logo com um robe azul-claro. Isso faz-nos perguntar-nos sobre que segredos irá a personagem descobrir acerca dela própria e levanta outras questões, como, por exemplo, teria a mãe de Riley sido uma bruxa e ela não sabia e herdou parte dos seus poderes/ talentos? Acho que isso veremos no próximo livro.
O que mais me agradou neste livro é o facto de a autora nunca ficar sem assunto: há sempre eventos a suceder-se e as vidas das personagens progridem. Fico a aguardar pelo próximo volume para ir ao casamento e ver como se safa a Riley com o seu novo cargo.
Aproveito para agradecer a Jana Oliver por me ter disponibilizado um exemplar de "Mind Games" e atenção que, ainda nesta semana, publicarei um post desta autora ;-)

I finished reading this book on November 19th 2015 and I rate it four stars.
I was pleased to read something more in this series. Just when we thought the story was over, Jana Oliver decided to push forward in time and let us take a peek at the future of Riley and Beck. And it seems that everything remains the same, with old Lucifer and demons doing their thing. The biggest news is on Riley, who began learning magic and started with a light-blue robe right away. This makes us ask ourselves about what secrets will this character find out about herself. It also raises other questions, such as, for example, would Riley's mother be a witch and she did not know about it and inherited part of her powers/ talent? I think that we will find it out in the next book.
What pleased me most in this book is that the author never runs out of subject: there are always things happening and the characters' lives progress. I'll wait for the next volume to go to the wedding and to learn how Riley manages her new job.
I take the opportunity to thank Jana Oliver for providing me a copy of "Mind Games" and note that, later this week I will publish a post by this author ;-)

domingo, 15 de novembro de 2015

Opinião: "Halo"

Título: Halo
Páginas: 392
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896572419

Três anjos - Gabriel, o guerreiro; Ivy, a curandeira; e Bethany, a mais jovem e humana de todos - são enviados para levar o Bem a um mundo que sucumbe ao poder das trevas.
Esforçam-se por esconder o brilho luminoso que os envolve, os poderes sobre-humanos que detêm e, representando o maior dos perigos, as asas, ao mesmo tempo que evitam qualquer tipo de relação com os humanos. 
As Bethany conhece Xavier Woods e ambos se revelam incapazes de resistir à atração que sentem um pelo outro. Gabriel e Ivy tentam tudo para impedir aquela relação, mas o sentimento que une Xavier e Bethany é demasiado forte. 
A missão dos anjos é urgente e as forças das trevas são ameaçadoras. Irá o amor lançar Bethany na perdição ou salvá-la?

Concluí a leitura deste livro a 3 de novembro de 2015 e dou-lhe duas estrelas.
Confesso que não gostei muito. Achei a história sem graça, as personagens não me cativaram, faltou ação, demasiados conceitos de moralidade e religião, demasiadas divagações... nem sei explicar. Foi uma daquelas histórias que não me prendeu e, por isso, não vou continuar a ler a série.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015


Eu sei que na última semana falei na possibilidade de fazer um passatempo, mas nos próximos tempos vou estar um bocadinho mais offline do que o habitual. 
Como este ano me rogaram "a praga das quedas" (uhhhh! Tremam, porque é mesmo terrível), na quinta-feira passada tornei a cair e foi uma acrobacia tão bem feita que fraturei os dois cotovelos. Quando chego a casa ao final da tarde estou super cansada, com dores muito chatas no pulso, braços, ombros, pescoço e costas e estar no portátil é um suplício... Espero que compreendam, mas navegar na net por motivos não laborais nos próximos tempos só quando melhorar. E acreditem que este post foi feito com muito esforço...
Até ao próximo post, boas leituras ;-)

terça-feira, 10 de novembro de 2015

A ler...

Neste momento estou a ler o novo livro de Jana Oliver da série The Demon Trappers: "Mind Games".
Infelizmente, devido à lesão nos meus cotovelos, a leitura está a demorar um pouco mais do que o habitual, pois não consigo segurar o livro; só posso ler com o livro no colo e, depois de um dia de trabalho já com as costas rebentadas, é difícil manter-me nessa posição.
Mesmo assim achei que devia partilhar convosco a minha leitura atual, até porque esta é uma série de que gosto bastante e estou a gostar do desenvolvimento que está a ter. 

Saibam mais aqui: