sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Supporting "Alien Hunter"

Olá, olá!
Talvez já tenham reparado no botão na barra do lateral direita do blogue que diz "Supporting Alien Hunter". O que posso dizer? Há projetos que nos envolvem de tal modo que nos tornamos fãs incondicionais e apenas queremos vê-los crescer e vingar. 
"Alien Hunter" é uma curta-metragem independente que aborda a questão da imigração vista de uma criança de 9 anos de idade. Podem encontrar a sinopse completa aqui, bem como site da curta, no seu Facebook ou Twitter.
Neste momento, a curta está a participar em diversos festivais e recebeu recentemente o segundo lugar para a Melhor Cinematografia no Festival Internacional de Ficção Científica de Miami. Michelle Chan, produtora de "Alient Hunter", em entrevista ao blogue revelou que a equipa deste projeto está "muito excitada" com esta distinção. "Apesar de não termos tido oportunidade de apareceremos realmente no festival, a curta foi reconhecia e ganhou o segundo lugar", explicou.  "Alien Hunter" vai ainda estar presente no 23º Festival Latino Anual de San Diego e no 32º Festival de Filmes Latinos de Chicago. "Esperamos que o público aprecie a mensagem por detrás deste filme e que agrade ao público mais jovem também", respondeu Michelle quando questionada acerca das expetativas da equipa quanto à participação nestes festivais.
Deixo-vos também o convite para seguirem de perto este projeto, que vale a pena.




Hello, hello!
Maybe you've noticed the button on the right side of the blog that says "Supporting Alien Hunter". What can I say? Some projects involve us so much that we become unconditional fans and we just want to see them grow and succeed.
"Alien Hunter" is an independent short movie that approches the immigration issue from a 9-year-old girl point of view. You can find the complete sinopsis here, as well as more details on its website, Facebook or Twitter page.
At this point, the movie is participating in several festivals and recently received second place for Best Cinematography at the Miami International Science Fiction Film Festival. Michelle Chan, producer of "Alient Hunter", revealed that the AH team is "very excited" with this distinction. "Even though we didn't have the chance to make an appearance at the actual festival, it was still recognized for its quality and won 2nd place," she said. "Alien Hunter" will also be present at the 23rd Annual San Diego Latin Film Festival and the 32nd Chicago Latino Film Festival. "We hope the audience will appreciate the message behind this film and that it appeals to the younger audience as well," said Michelle when asked about the AH team expectations on the participation in these movie festivals.
I invitate you too to follow closely this project, which is worthy.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Resultado passatempo "Shinegow"


Concluído o passatempo, já há vencedor apurado.
E o exemplar de "Shinegow", de Íris Palmeirim de Alfarra vai para... a Nádia Batista! Parabéns, Nádia! Fica atenta ao teu e-mail que irei contactar-te em breve para saber como fazer-te chegar o teu prémio.
Obrigada a todos os que participaram e, em março, haverá novo passatempo ;-)



Opinião: A Cidade de Vidro



Título: A Cidade de Vidro
Autora: Cassandra Clare
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 484
Editor: Planeta Booket
ISBN: 9789896575465
Idioma: Português

SINOPSE
Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine.




OPINIÃO
Okay, stop! Podemos fazer "freeze" e ficar por aqui? Este livro, como final, parece-me muito bem. Porque têm de vir mais problemas a caminho, menina Cassandra Clare? Vamos lá a ver se gosto do que vem por aí, porque este terceiro volume, cuja leitura concluí a 24 de fevereiro de 2016, vale cinco estrelas.
E é oficial: estou viciada na série Caçadores de Sombras, tanto que li este livro rapidinho e vou já passar ao próximo ;-)
Para mim, se se tratasse de uma série, este volume marcaria o final da primeira temporada: os planos completos de Valentine foram descobertos, foram revelados mais detalhes do passado, habitantes do mundo à parte e caçadores de sombras uniram-se, Valentine foi derrotado, a questão do irmão de Clary foi descoberta (aleluia!), Jocelyn despertou para a vida e para o amor, Simon arranjou maneira de sobreviver entre os vampiros sem que atentem contra a sua existência... E o drama? A morte de Max e de Hodge, a tortura de Clary e Jace, o milagre que o anjo operou em Jace... No final, todos os nós se desataram rumo a um término temporário harmonioso.
A parte de que mais gostei foi o enredo que a autora arranjou com Jace e Sebastian, o qual achei ardiloso. No fundo, e até certo ponto, eram ambos filhos de Valentine, embora apenas um lhe estivesse vinculado pelo sangue. Algo me diz que Sebastian não morreu e ainda vai voltar.
A nível geral, o que mais gosto nesta série até ao momento é o facto de haver sempre algo a acontecer; não há um momento de descanso e, às vezes, até gostava que as personagens pudessem respirar um pouco e ter um momento de sossego. Parece que isso não vai acontecer, pois vem aí... o quarto volume! Muahhhh!


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Opinião: "A cidade das cinzas"




Título: "A Cidade das Cinzas - Caçadores de Sombras 2"
Autora: Cassandra Clare
Edição/reimpressão:2013
Páginas: 360
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570620


SINOPSE
Clary Fray só queria que a sua vida voltasse ao normal. Mas o que é normal quando és um Caçador de Sombras? A tua mãe está em estado de coma induzido por artes mágicas, e de repente começas a ver lobisomens, vampiros e fadas? A única hipótese que Clary tem de ajudar a mãe é pedir ajuda ao diabólico Valentine, que, além de louco, simboliza o Mal - para piorar o cenário também é seu pai.

EXCERTO
– Quase extintos... – repetiu em voz engasgada de raiva. – Não é SUFICIENTE!
– Estou a ver – disse Jace. – Vou fazer com que mudem o manual de demologia e substituam «quase todos» por «não é suficiente para o Alec». Ele prefere que os monstros estejam totalmente extintos. Ficas mais satisfeito?
– Então, rapazes? – interveio Isabelle que tinha estado a contemplar-se no espelho do elevador. – Não se zanguem. Virou-se para eles com um sorriso radioso.
– Está bem, foi um pouco mais movimentado do que esperávamos, mas eu cá até achei divertido. Alec olhou para ela e abanou a cabeça.
– Como é que consegues nunca ficar suja? Isabelle encolheu filosoficamente os ombros.
– O meu coração é puro e repele a sujidade.



OPINIÃO (*spoilers*)
Concluí a leitura de "A Cidade das Cinzas" a 18 de fevereiro de 2016. Gostei mais do que do primeiro volume, pelo que lhe dou cinco estrelas.
Por onde começar?
Alec. O Alec surpreendeu com a sua relação com Magnus, embora ainda só tenha sido aflorada muito superficialmente. E, mesmo assim, continua com os mesmos sentimentos pelo Jace. Até parece que é um clone da Clary...
Isabelle. Secundária, muito pouco interventiva ou referenciada para o meu gosto. Gostava de ver mais dela.
Simon. Dentuças, a sério? Acho que devia ser um "lobigato" pelo número de vidas que tem, lol! É interessante a ideia de fazê-lo entrar no mundo sobrenatural, mas estou um pouco relutante quanto ao papel que virá a desempenhar. Quanto à relação com Clary, achei-a demasiado forçada e sem sal, pelo que a decisão tomada no final foi a melhor.
Luke. Uma personagem paterna constante e sempre presente e segura. Gostava de saber mais sobre ele, porém. E uma parte sob o seu POV? Seria interessante.
Valentine. Mais ação para o vilão, por favor.
Clary e Jace. Gostei da descoberta de novas habilidades, mas, por amor de Deus, esta versão fantástica dos Maias está a dar-me cabo dos nervos! Acabem de uma vez com o mistério se são irmãos ou não (torço pela última, claro).
E vou já passar à leitura do terceiro volume. Parece que fiquei viciada ;-)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Opinião: "A Cidade dos Ossos"



Título: A Cidade dos Ossos - Caçadores de Sombras 1
Edição/reimpressão:2013
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570231


SINOPSE
No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens. Desde essa noite, o seu destino une-se aos dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo, mas com tendência a agir como um idiota…

» Excerto aqui.

OPINIÃO
Finalmente li este livro, lol! Acabei de lê-lo no dia 13 de fevereiro de 2016 e dou-lhe quatro estrelas.
Sendo fã deste género literário, este livro despertou-me a atenção no ano em que saiu, mas não o li então. Entretanto vi o filme e achei-o engraçado, pelo que fiz download do ebook em inglês no final de 2014 e comecei a lê-lo. No entanto, não estava a conseguir concentrar-me na história, por isso arrumei-o a um canto e fui adquirindo as traduções. Eis que, um ano e pouco depois, li-o por fim.

Tendo em conta que já tinha visto o filme, sabia mais ou menos o que esperar da narrativa, se bem que... yep, filme muito diferente do livro, mas não vou enveredar por aí.
Gostei da história, da maneira como está construída e das personagens. Se tenho uma preferida? Hum, talvez o Jace, se bem que, às vezes, é um bocadinho irritante. Acho que pode ser bem explorado e espero novidades da parte dele. Ah, mas também da parte da Clary, que achei demasiado passiva aqui. Gostava que ela surpreendesse.
Os diálogos, por vezes, são estranhos, na medida em que a autora usa palavras demasiado "caras" para miúdos de 16 a 17 anos. Até ela própria o reconhece, quando refere que Luke abana a cabeça ao facto de Clary ter dito "perímetro" e se ri das suas palavras "caras".
Do que gostei menos foi do tamanho da letra. Deixou-me com os olhos em bico!
De qualquer modo, "felicidade é poder terminar um volume e ter logo o segundo para começar a lê-lo", por isso vamos lá ao segundo =)

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Passatempo de fevereiro 2016

Olá, olá!

Conforme prometido, aqui está o passatempo de fevereiro 2016. O livro a ser sorteado é "Shinegow", de Íris Palmeirim de Alfarra, cuja sinopse pode ser encontrada aqui.

Para participar neste passatempo basta responder acertamente às perguntas colocadas no formulário que se encontra mais abaixo, até às 23h00 do dia 24 de fevereiro de 2016. Nos dias seguintes as respostas corretas serão sujeitas a sorteio pelo Random.org e o vencedor será anunciado na página de Facebook do blogue (http://www.facebook.com/RuteCanhotoAutora/). Para descobrir as respostas às perguntas , recomenda-se a consulta de http://rutecanhoto.blogspot.pt/2012/05/entrevista-interview-iris-palmeirim-de.html.
Boa sorte!

----------------------

* Passatempo concluído! Resultado em http://rutecanhoto.blogspot.pt/2016/02/resultado-passatempo-shinegow.html 

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Vídeo UFC

Oi!!!

Estou quase, quase a terminar a leitura de "A cidade dos ossos". Confesso que não tenho lido muito, principalmente porque estou a tentar voltar à escrita. Tenho um projeto que comecei no ano passado e, por falta de tempo, não tem avançado e não estou sequer a meio da história, o que me chateia imenso e me deixa frustrada como tudo. Raio da vida mete-se sempre entre nós e os nossos objetivos! Estou a tentar criar um plano/ rotina que englobe tudo o que quero fazer ao longo do dia, tipo um horário que me incuta disciplina, mas todos sabemos como isso é complicado e que os imprevistos estão  ao virar da esquina. Independentemente do que possa acontecer, vou tentar implementar esse plano. Tentar não custa!

Amanhã (Dia dos Namorados) vou tentar colocar o online o passatempo de fevereiro do blogue, por isso fiquem atentos ;-)

Hoje, venho só partilhar uma pequena montagem que fiz de apoio à equipa ao União Futebol Clube dos Bairros Olival Queimado e S. João, cuja direção integro. Pretendia-se um vídeo promocional, mas não tenho conseguido acompanhar a equipa e, por isso, não disponho de vídeos ou imagens adequadas ao propósito, nem tenho  software no portátil além do básico. Enfim, cada qual faz o que pode. Força, UFC! 


video


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Leitura atual


Olá!
O que estão a ler?
Neste momento, estou a ler "A Cidade dos Ossos", de Cassandra Clare. Vi o filme e achei-o engraçado, pelo que fiz download do ebook em inglês o final de 2014 e comecei a lê-lo. No entanto, não estava a conseguir concentrar-me na história, por isso arrumei-o a um canto, fui adquirindo as traduções et voilà! Estou pronta para voltar à carga
Qual é a vossa opinião sobre esta série?




Título: A Cidade dos Ossos - Caçadores de Sombras 1
Edição/reimpressão:2013
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570231

SINOPSE
No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens. Desde essa noite, o seu destino une-se aos dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo, mas com tendência a agir como um idiota…

» Excerto aqui.