sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Eheh!

No outro dia vi esta imagem no Facebook sobre o conflito entre o papel e o digital e achei-lhe piada. 
Eu tenho um e-reader e alterno a leitura entre o papel e o que tenho em formato digital. Admito que demoro mais tempo a ler no e-reader (porquê, não faço ideia...) e não me cativa tanto como o papel, mas o importante é ler e se gosto de uma história, não interessa se a leio de um ou outro modo. 
E vocês, preferem o livro em papel, em e-book ou tanto faz?




quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Capa do Dia



Esta é a Capa do Dia e foi enviada pela Dalila Santos, cujo contributo agradeço. 
Enviem-me também vocês uma capa de livro de que gostem para rutecanhoto1@gmail.com, que terei todo o gosto em partilhá-la. Fico à espera das vossas escolhas!


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Feira do Livro de Lisboa


A Feira do Livro está de regresso a Lisboa entre maio e junho, conforme é referido em notícia hoje divulgada no Diário Digital e a qual transcrevo mais abaixo. Confesso que nunca fui. E quem foi, como é? Faz-se bons negócios, tem um programa apelativo?


Fonte: 


«A Feira do Livro está de regresso a Lisboa para mais uma edição. Entre os dias 29 de Maio e 15 de Junho, Lisboa – mais concretamente o Parque Eduardo VII - volta a ser palco da grande festa do livro, que celebra, este ano, a sua 84.ª edição.

A Feira do Livro de Lisboa constitui uma das manifestações mais significativas da vida cultural da cidade, com particular incidência na promoção do livro, da leitura e do diálogo entre autores e o público.

Esta edição, o evento volta a contar com horário alargado, oferecendo aos visitantes a possibilidade de usufruir da companhia dos livros por mais tempo: de segunda a quinta-feira, das 12:30 às 23:00; sexta-feira, das 12:30 às 24:00; sábados e vésperas de feriado, das 11:00 às 24:00; domingos e feriados, das 11:00 às 23:00.

A 84.ª edição da Feira do Livro de Lisboa é organizada pela APEL – Associação Portuguesa de Editores e Livreiros e conta com o apoio da câmara de Lisboa.»


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Excerto

Bom dia!

Hoje estive a consultar a minha página do Goodreads e lembrei-me que tinha uma parte onde podemos partilhar os nossos escritos. Só tinha inserido um post que continha o prefácio do "Perdidos". O "Esquecidos" não tem prefácio, mas achei que devia partilhar também algo relacionado com ele, por isso publiquei um excerto da parte final do 1º capítulo. Aqui está o link para verem ;-)

https://www.goodreads.com/story/show/359371?chapter=1

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Capa do Dia




A Capa do Dia é da responsabilidade da Mariza Martins, a quem agradeço o envio da imagem. Gostam?
Enviem-me também uma capa de livro de que gostem para rutecanhoto1@gmail.com, que terei todo o gosto em partilhá-la. Fico à espera!

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Calvin & Hobbes

Bom dia! Eis aqui uma boa notícia para os fãs de Calvin & Hobbes =)




Fonte:
http://www.jn.pt/blogs/babel/archive/2014/02/12/livros-de-calvin-amp-hobbes-v-227-o-ser-reeditados.aspx

«Livros de Calvin & Hobbes vão ser reeditados

12 fevereiro 2014
Publicado por Sérgio Almeida às 19:09

Todos os álbuns da série Calvin & Hobbes, de Bill Waterson, começam a ser reeditados pela Gradiva já este mês. O Essencial de Calvin & Hobbes é o primeiro volume.
Esgotados há vários anos, os álbuns conhecem agora novas edições, com o propósito de chegar a novas gerações.
Foi em 1992 que a Gradiva iniciou a publicação da série Calvin & Hobbes, com um álbum homónimo. O enorme sucesso ditou na altura a reedição consecutiva de todos os volumes da obra. 
“A obra de Bill Watterson é absolutamente única, um clássico, e, por isso, decidimos relançar todos os álbuns investindo significativamente na promoção desse lançamento, porque achamos que a série merece absolutamente ser lida pelas novas gerações”, explicou Guilherme Valente, editor da Gradiva, que descobriu a série logo nos seus primórdios no South China Morning Post, de Hong Kong.
Traduzidas em mais de 40 línguas, as tiras de Watterson já venderam 30 milhões de exemplares em todo o mundo.
Recentemente, o autor foi galardoado com o Grande Prémio de Banda Desenhada do Festival de Angoulême 2014.»


segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A ler...


Bom dia!
Ainda não vi o filme "A Rapariga que Roubava Livros", mas... já comecei a ler o livro! Não tenho tido muito tempo para ler, por isso vou avançando devagarinho. Até ao momento, estou a gostar. Gosto das particularidades da narrativa que o autor introduziu.
E por aí, o que se lê neste momento?

A ler...

Bom dia!
Ainda não vi o filme "A Rapariga que Roubava Livros", mas... já comecei a ler o livro! Não tenho tido muito tempo para ler, por isso vou avançando devagarinho. Até ao momento, estou a gostar. Gosto das particularidades da narrativa que o autor introduziu.
E por aí, o que se lê neste momento?

sábado, 15 de fevereiro de 2014

De lápis a planta

Olá!
Vi esta notícia no outro dia e achei-a bastante engraçada, até porque adoro escrever a lápis. Se consultarem a minha agenda pessoal e até o meu caderno de trabalho, vão descobrir que grande parte está rabiscada a lápis. Talvez arranje um destes =) E vocês, preferem lápis ou caneta?






«E se pudesses plantar o teu lápis?
Os lápis Sprout, uma invenção de três estudantes, dão-nos dez plantas à escolha: seis ervas aromáticas, duas flores e dois vegetais

Texto de Maria Abrantes • 10/02/2014 - 11:45

O Sprout é um lápis que, quando fica tão curto que já não serve para para escrever, pode ser plantado e dar origem a uma planta. A ideia e o seu desenvolvimento tiveram a assinatura de três estudantes do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos EUA, ao ser-lhes proposto um trabalho no qual teriam de apresentar um produto de escritório sustentável para o futuro.

O objectivo principal do projecto foi lutar contra o hábito do “usar e deitar fora”, desistindo assim do rótulo de descartável.

Falamos com Michael Stausholm, um dos representantes da Sprout na Dinamarca, que nos divulgou os detalhes deste novo projecto, via e-mail. Michael revelou-nos que os lápis Sprout foram lançados para o mercado em Julho de 2013 tendo Dinamarca como rampa de lançamento.

O negócio atraiu desde início o público devido à ideia da “reutilização de um produto tão comum e útil”. A empresa ainda está em crescimento e as perspectivas para o futuro "são boas". É, segundo os seus criadores, um produto “muito versátil utilizado por homens, mulheres e crianças de todas as idades”. “Em apenas seis meses vendemos mais de 300 mil lápis Sprout, sendo que as encomendas são por toda a Europa, tendo havido um crescente interesse em Itália, Espanha, Grécia e Portugal”.

Os lápis Sprout dão-nos dez plantas à escolha: seis ervas aromáticas (endro, manjericão, tomilho, sálvia, coentros e hortelã), duas flores (calêndula e malmequer) e dois vegetais (pimenta verde e tomate cereja).»

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Capa do Dia

Esta é a Capa do Dia e foi enviada pela Soraia Matos, a quem agradeço a gentileza. O que acham dela?
Enviem-me também vocês uma capa de livro de que gostem para rutecanhoto1@gmail.com, que terei todo o gosto em partilhá-la. Fico à espera dos vossos contributos!






terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Opinião: “Myopia”, Bisi Leyton





SINOPSE
Wisteria abraçou sua profunda ligação com Bach, membro de uma raça sobrenatural chamada Família. Se o povo de Bach descobrir sua ligação com um ser humano, Wisteria terá garantidamente uma dolorosa e sangrenta morte, mas estar juntos é mais importante.
O seu vínculo é testado quando um grupo de elite de investigadores da Família é enviado para a Ilha de Smythe sob as ordens do pai de Bach para encontrar artefactos roubados pelos seres humanos. Como os empíricos a começarem a dominar a cidade, Wisteria divide-se entre a confiança em Bach e a segurança dos seres humanos em Smythe. Logo percebe que ela e Bach estão em lados opostos e um deles tem de escolher um lado.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 8 de fevereiro de 2014 e dou-lhe quatro estrelas.
Embora tenha passado uns quantos meses desde que li o primeiro volume, foi fácil recuperar o fio à meada e seguir a história.
Tinha gostado do primeiro volume e gostei igualmente deste segundo.
Agrada-me que a história tenha romance, mas que esteja também recheada de ação. Há sempre algo a acontecer, uma ameaça qualquer no ar prestes a concretizar-se. E a Wisteria não fica quieta, tenta agir em todos os momentos por mais complicados que se afigurem. Gosto do seu espírito aguerrido e de não se render.
O que mais me chateou foi a continuidade dos segredos da mãe da Wisteria. Nunca mais se sabe tudo o que a mulher esconde! Bem, para sabê-lo há que ler o terceiro volume, por isso vou tentar arranjá-lo.


Link Goodreads:

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Ebook "Esquecidos" grátis!


Já tenho o contrato de trabalho assinado na minha casinha, por isso, e como o prometido é devido, durante todo o dia de 2ª feira o ebook de "Esquecidos" no Smashwords é gratuito!

Para terem a vossa cópia basta irem a https://www.smashwords.com/books/view/381326 e quando vos é solicitado o pagamento, insiram a senha FF79Z e o contador ficará a zeros.

Espero que gostem! =)

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Divulgação

No dia 01 de fevereiro a NPE - Nós Poetas Editamos, lançou o livro II da Antologia Poética "Conto de Poetas". Unidos pela escrita, a obra reúne 21 poetas que participaram nesta Antologia com 5 poemas cada um.

http://4.bp.blogspot.com/-s1Vh4HNphtc/UvPhT3dlApI/AAAAAAAAI9M/LjkPSZOi-Bs/s1600/1235211_209212932614905_572641091_n.jpg

Poetas:
Adelaide C.E. - Adriano Botelho de Sousa - Alice Queiroz - Ana Costa- Ana F. Gorgulho - Ana Rita Ramos - António Manuel Martins Miguel - António Palma - António Esperanca Pereira - Cristina Pereira - Daniela C.E. - Fátima Pereira - Maria Fernanda Comenda - Fernanda R. Mesquita - Fernando Rosinha - Manuel Neto Dos Santos - Margusta Loureiro - Maria João Gonçalves - Maria La-Salete Sá - Miguel Ferreira - Sara Rafael


Vídeo de divulgação

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Opinião: “A Vidente”, Lars Kepler




Título: A Vidente
Autor: Lars Kepler
Edição/reimpressão: 2013
Editor: Porto Editora 
Páginas: 532
ISBN: 978-972-0-04417-4



SINOPSE
Flora Hansen diz-se espírita e garante ser capaz de falar com os mortos. Certo dia, ouve na rádio uma notícia sobre o caso de uma jovem assassinada num centro de acolhimento de menores e, na tentativa de ganhar um dinheiro extra, decide telefonar para a Polícia dizendo que o espírito da morta entrou em contacto com ela. No entanto, os resultados da investigação técnica atribuem a autoria do crime a outra das internas, uma jovem sensivelmente da mesma idade, que desde então está a monte. O comissário da Polícia Joona Linna resiste à versão oficial e inicia uma investigação por sua própria conta. Mas cada nova resposta parece apenas conduzir a um novo enigma e a mais um beco sem saída. E ninguém se dispõe a ouvir a vidente, embora ela fale com os mortos.


OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 2 de fevereiro de 2014 e dou-lhe uma classificação de três estrelas.
Pois é, li um policial, eheh! Foi o meu primeiro livro deste tipo, e apesar de não ser o meu género favorito, até gostei. Achei a história interessante, embora tenha adivinhado o desenlace facilmente. Em parte é por isso que não leio muito este género; chego depressa à conclusão de quem é o criminoso. De qualquer modo, achei a história gira e interessante. Fiquei com pena de não saber mais detalhes do que aconteceu a Vicky e Elin, mas creio que foi opção dos autores deixarem a coisa assim.
O final ficou em aberto para dar lugar ao próximo volume. Pois, mais uma vez não me apercebi de que era uma série. No entanto, o próximo vai tratar a história do comissário, pelo que acho que não perdi nada. Se vou ler o próximo? Não me parece. Não fiquei com muita vontade de ler algo parecido.
Em termos técnicos, achei a letra pequena, o que me custou, afinal sou pitosga. Também achei a divisão de capítulos excessiva, mas pronto, é uma opção pessoal dos autores.
Próximo da lista: de volta a Bisi Leyton e à série da Wisteria.


Link Goodreads: 


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Capa do Dia

A Capa do Dia desta semana foi enviada pela Mariza Martins, a quem agradeço. Enviem-me também uma capa de livro de que gostem para rutecanhoto1@gmail.com ;-)



terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Passatempos de livros




Para quem gosta de participar em passatempos de livros, aqui deixo o link de um grupo do Facebook onde os passatempos são partilhados. Talvez encontrem algum que vos agrade!

https://www.facebook.com/groups/232867153436159/

Por falar em passatempo, fiquem atentos que dentro de poucos dias (quem sabe talvez ainda esta semana) o ebook de "Esquecidos" no Smashwords será gratuito ;-)

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Entrevista no Rabiscos, Rascunhos e Limitada



Bom dia!

Há uns tempos atrás, a Olinda Gil fez-me uma entrevista para a rubrica "Assuntos de escrita" do seu blogue "Rabiscos, Rascunhos e Limitada" e que foi publicada no último sábado. Aqui fica o link para quem quiser ler ;-)

http://www.olindapgil.com/2014/02/assuntos-de-escrita-entrevista-com-rute.html