quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Booktrailer "Esquecidos"

"Esquecidos" já tem booktrailer. Aqui está ele! Não é nada de especial, mas é o que foi possível fazer com os meios disponíveis. Espero que gostem =) Ah! E obrigado à minha irmã, que mais uma vez esteve disposta a fazer estas figuras. Coitada, não paro de massacrá-la, lol! 


video



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Apresentação na ESAS

Olá!
Tal como tinha adiantado, estive hoje na Escola Secundária de Alcácer do Sal - ESAS para apresentar o meu "Perdidos", para levantar um pouco do véu de "Esquecidos" e falar um pouco sobre os motivos que me levam a escrever e como decorre o processo criativo desde o início até à publicação de um livro. Faço um balanço positivo da apresentação. Correu muito bem, os alunos portaram-se bem e cooperaram e ainda trocámos umas gargalhadas =) 
Agradeço à professora Julieta o convite, são sempre um prazer estes momentos de partilha; à ESAS por me acolher novamente; ao Leonardo pela ajuda técnica e à Helena Faustino, que falou um pouco sobre o Esquecidos na sequência de um trabalho sobre o livro que tinha feito no ano passado. Peço desculpa se me esqueci de alguém - considerem-se incluídos, pois na minha mente estão-no efetivamente ;-)
Aqui ficam algumas fotos que o Leonardo tirou:







 




segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Apresentação na ESAS



Olá!
A pedido da professora Julieta, esta quarta-feira (dia 27) vou estar de novo na Escola Secundária de Alcácer do Sal - ESAS para apresentar o meu livro "Perdidos", mas também para levantar um pouco do véu de "Esquecidos", que será lançado na feira do livro de Alcácer em dezembro. Vou tentar tirar umas fotos para depois colocar no blogue ;-)


quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Curiosidades Perdidos: Primeiro beijo | Lost Ones Curiosities: First kiss



Então a Marina dá o seu primeiro beijo aos 17 anos? E depois? Há quem espere esse tempo todo. Embora a juventude de hoje seja cada vez mais precoce, isto não é inédito, principalmente entre as raparigas que têm outras prioridades, como os estudos, remetendo os rapazes para segundo plano. E ela encosta-se logo a ele em roupa interior quando o convida para o seu quarto? Pois… hormonas aos saltos – já ouviram falar? Às vezes, agimos de modo irracional. Quem nunca perdeu o controlo por um bocadinho que fosse? Mas ela recuperou-o depressa e não fez nada de mais, apenas deu asas aos seus sentimentos por um instante.



So Marina has her first kiss at the age of 17? So what? Some people wait all that time. While today's youth is increasingly ‘early’, this is not unheard of, especially among girls who have other priorities, such as studies, ignoring boys. And then she leans against Lucas in underwear when she invites him into her room? Well... crazy hormones - ever heard about it? Sometimes, we act irrationally. Who has ever lost control for a little while? But she quickly regained it and has done nothing  crazy, just gave wings to her feelings for a moment.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Sinopse de "Esquecidos"

Com "Esquecidos" quase a sair, aqui está a sinopse da história:

«Depois da tempestade que virou a vida de Marina do avesso, veio a bonança junto de Lucas. Eles só queriam ser esquecidos pelo Inferno, mas Marina é alvo de uma maldição que pode pôr termo à sua existência e que acabará por arrastar de forma inevitável os seus amigos para aquela realidade retorcida. Lucas tenta preparar-se para a batalha, mas está enfraquecido e não consegue entrar no submundo. É então que chega Záfira, uma Perdida que tem como prato mais desejado a vingança e que alega ter sido enganada e morrido por amor a Lucas. O casal, de relação abalada, precisa de ajuda e vai encontrá-la no misterioso e enigmático Ezequiel, cujos conhecimentos justificarão inclusivamente a essência e a irresistível atração entre Marina, Lucas e Joshua, numa reviravolta que tudo põe em causa.
  

Este é o segundo volume da trilogia Perdidos, uma série na qual coração e razão entram em conflito. Nem sempre o que gostaríamos de ter é o melhor para nós. Mas e se o que nos dizem não ser bom para nós, é exatamente aquilo de que precisamos? Viver implica correr riscos, demasiado grandes às vezes.»

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Opinião: “Grita”, Laurie Halse Andersen


Título: Grita
Autora: Laurie Halse Andersen
Edição/reimpressão: 2012
Editor: Edições Asa
Páginas: 176
ISBN: 9789892316833



SINOPSE
"Desperdicei as últimas semanas de agosto a ver desenhos animados da treta. Não fui ao centro comercial, ao lago, à piscina, nem atendi chamadas. Entrei na escola secundária com o cabelo errado, a roupa errada, o feitio errado. E não tenho ninguém sentado a meu lado." Melinda Sordino é a pessoa mais odiada do Liceu de Merryweather. No final do verão chamou a polícia, acabando com uma festa e colocando em sarilhos alguns dos finalistas mais populares da escola. Mas Melinda tem um segredo que guarda bem fundo, dentro de si, e que não pode contar a ninguém. Mas Melinda está a ser corroída pelo que aconteceu, e o mundo de reclusão que construiu para si ameaça ruir a qualquer momento.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 24 de outubro de 2013 e dou-lhe duas estrelas.
Em primeiro lugar quero destacar que achei interessante a forma como está escrita a história, não respeitando a tradicional noção de narrativa. É dado um título e fala-se sobre esse tópico no geral, não é uma história “corrida” por assim dizer. É inovador num sentido, mas não me convenceu. Talvez seja uma tradicionalista, mas continuo a preferir histórias escritas todas de seguida sem grandes saltos temporais ou ações soltas.
Em relação à história em si, para mim foi muito óbvio o motivo que levava a Melinda a agir como agia e o porquê de ter chamado a polícia supostamente para acabar com uma festa e pêras. Gostei do final, mas o processo todo até lá chegar não foi apelativo, não me cativou.


Link Goodreads:

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"


Página 351

O que tinham feito jamais seria esquecido ou passaria em claro. As consequências viriam ao seu encontro um dia e seriam um desafio quase impossível de ultrapassar.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Curiosidades Perdidos | Lost Ones Curiosities: Marina & Sofia





Marina e Sofia são irmãs, mas são muito distantes uma da outra e não apenas por viverem uma com a mãe e a outra com o pai. Isto espelha a realidade de muitos irmãos que são deveras diferentes, tanto, que o parentesco passaria despercebido a muita gente. Pessoalmente, eu e a minha irmã também somos tão diferentes, que nunca fomos muito próximas; só ultimamente, com o crescimento dela (os anos trazem juizinho), é que as coisas têm mudado. Não é nada de novo; apenas mais uma coisa normal e que decidi usar no livro por ser verdadeiro.


Marina and Sofia are sisters, but they are very distant and not only for one living with their mother and the other with their father. This reflects the reality of many siblings who are indeed so different, that the blood connection would go unnoticed to many. Personally, my sister and I are also so different, that we were never very close; only lately, with her ​​growth (years bring wisdom), things have changed. There is nothing new, just another normal thing that I decided to use in the book as it is true.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Capa de Esquecidos

Olá!

Enquanto são ultimados os preparativos finais para o lançamento de "Esquecidos", o segundo volume da série "Perdidos", aqui está a capa, cujo design esteve a cargo de Ljilja Moonchild. Espero que gostem ;-)




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Opinião| Review: “Finale”, Becca Fitzpatrick


Título: Finale
Autora: Becca Fitzpatrick
Edição/reimpressão: 2013
Editor: Porto Editora
Páginas: 384
ISBN: 9789720042323


SINOPSE
Nora está absolutamente certa sobre o seu amor por Patch. Anjo caído ou não, Patch é o homem da sua vida. A herança e o destino que couberam a Nora ditam que terá de ser inimiga do seu amor, mas não há como lhe voltar as costas. Agora, Nora e Patch deverão unir forças para enfrentar o derradeiro desafio. Assistiremos ao regresso de velhos inimigos e ao nascimento de novos aliados. Um amigo será o protagonista de uma inesperada traição que ameaçará a paz com que Patch e Nora sonham tão desesperadamente. As linhas da batalha estão formadas, mas de que lado devem lutar? E, no final, será o amor capaz de conquistar todos os obstáculos?

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 16 de outubro 2013; dou-lhe quatro estrelas.
E pronto, a saga “Hush, Hush” chegou ao fim. Não posso dizer que esperava outro desfecho, apesar da autora ter tentado algumas reviravoltas, tal como a que aconteceu com Vee e com Scott.
Achei bastante interessante o epílogo – é sempre bom saber o que aconteceu muito depois da “grande batalha” e como continuaram as suas vidas; foi uma carta bem jogada.
Agora, por outro lado, adoro a Becca e odeio-a, lol! Gosto bastante dos seus livros e da forma como escreve, mas algumas das personagens de Finale tomaram um rumo que eu queria dar às minhas no meu livro. Vou ter de mudar tudo ou lá vem a acusação de cópia e falta de originalidade. E pensava eu que estava a ter uma grande ideia… Que frustração.
Enfim, no geral gostei da série, principalmente do primeiro livro que, para mim, é o melhor. Vou ficar atenta ao trabalho da Becca e ver o que mais escreve.



BLURB
Nora is more certain than ever that she is in love with Patch. Fallen angel or no, he is the one for her. Her heritage and destiny may mean they are fated to be enemies, but there is no turning her back on him. Now Nora and Patch must gather their strength to face one last, perilous trial. Old enemies return, new enemies are made, and a friend's ultimate betrayal threatens the peace Patch and Nora so desperately want. The battle lines are drawn—but which sides are they on? And in the end, are there some obstacles even love can't conquer?

REVIEW
I finished reading this book on 16th October 2013; I rate it four stars.
And voila, the saga "Hush, Hush" came to an end. I can’t say I expected another outcome, despite the fact that the author have tried some twists, such as what happened with Vee and Scott.
I found the epilogue very interesting - it's always good to know what happened after the "great battle" and how their lives continued; it was a well-played card.
Now, on the other hand, I love Becca and I hate her, lol! I really like her books and her writing, but some of the characters Finale took a turn that I wanted for the characters of my own book. I'll have to change everything and there comes the accusation of copying and lack of originality. And I thought I was having a great idea... What a frustration.
Anyway, overall I enjoyed the series, especially the first book, which, for me, is the best. I'll be attentive to the work of Becca and see what else she writes.

Link Goodreads:



sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Citação| Excerto "Perdidos"



Página 338
Marina virou a cara para o lado e cerrou os olhos com força: era agora, tinha chegado a sua hora. Sentiu o poste vibrar e o seu corpo acompanhou a reverberação. Ao contrário do que esperava, não sentiu qualquer dor. Afinal morrer, mesmo que de uma morte violenta, não doía?

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Curiosidades Perdidos: Professor de História | Lost Ones Curiosities: History Teacher



Mais uma homenagem que quis fazer, mas, desta vez, bem real. O professor de História chama-se mesmo Adelino e ainda leciona na ESAS. Toda a sua descrição é verdadeira e foi mais um dos professores que marcou a minha passagem pela escola, daí não me ter esquecido dele.

Another tribute I wanted to do, but this time, a real one. The history teacher is actually called Adelino and he still teaches at ESAS. His whole description is true and he was another teacher who marked my passage through school, hence I have not forgotten him.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Opinião| Review: “Beautiful Chaos”, Kami Garcia & Margaret Stohl


Título: Beautiful Chaos
Autora: Kami Garcia & Margaret Stohl
Edição/reimpressão: 2011
Editor: Little, Brown and Company
Páginas: 516
ISBN: 9780316123525


SINOPSE
Ethan Wate pensou que ele estava se acostumando com os estranhos, acontecimentos impossíveis acontecendo em Gatlin, sua pequena cidade do sul. Mas agora que Ethan e Lena voltaram para casa, estranho e impossível assumiram novos significados. Enxames de gafanhotos, recorde de calor e tempestades devastadoras devastam Gatlin enquanto Ethan e Lena tentam entender as consequências da invocação de Lena. Mesmo a família de Lena é afetada - e suas habilidades começam a falhar perigosamente. Com o tempo, uma questão torna-se clara: o que - ou quem - terá de ser sacrificado para salvar Gatlin?  Para Ethan, o caos é uma distração assustadora, mas bem-vindo. Ele está sendo perseguido em seus sonhos de novo, mas desta vez não é por Lena - e tudo o que está assombrando ele está seguindo-o para fora de seus sonhos e em sua vida cotidiana. Ainda pior, Ethan está gradualmente perdendo pedaços de si mesmo - esquecendo nomes, números de telefone, mesmo memórias. Ele não sabe por que, e na maioria dos dias ele está com muito medo de perguntar. Às vezes, não há apenas uma resposta ou uma escolha. Às vezes não há como voltar atrás. E desta vez não haverá um final feliz.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 1 de outubro de 2013; dou-lhe três estrelas.
Não me alongando, até porque a minha opinião sobre este livro é praticamente a mesma que tenho sobre os volumes anteriores, continuo a achar a história muito longa.
Gostei particularmente que a personagem do Jonh Breed fosse desenvolvida e se aprendesse mais sobre ele, pois acho que ainda tem mais para oferecer à história. Também gostei do desenvolvimento do Ethan e que o papel dele se tenha aprofundado e revelado mais importante.
Por agora, vou fazer uma pausa antes de avançar para o último volume da série, pois tenho um livro da Biblioteca para ler para efeitos de pesquisa para o último livro da minha trilogia, como, uma vez que já tenho a amostra em papel do 2º, tenho de lê-la para efetuar a última correção antes do livro sair.

BLURB
Ethan Wate thought he was getting used to the strange, impossible events happening in Gatlin, his small Southern town. But now that Ethan and Lena have returned home, strange and impossible have taken on new meanings. Swarms of locusts, record-breaking heat, and devastating storms ravage Gatlin as Ethan and Lena struggle to understand the impact of Lena's Claiming. Even Lena's family of powerful Supernaturals is affected - and their abilities begin to dangerously misfire. As time passes, one question becomes clear: What — or who — will need to be sacrificed to save Gatlin?
For Ethan, the chaos is a frightening but welcome distraction. He's being haunted in his dreams again, but this time it isn't by Lena - and whatever is haunting him is following him out of his dreams and into his everyday life. Even worse, Ethan is gradually losing pieces of himself — forgetting names, phone numbers, even memories. He doesn't know why, and most days he's too afraid to ask. Sometimes there isn't just one answer or one choice. Sometimes there's no going back. And this time there won't be a happy ending.

REVIEW
I finished reading this book on 1st October 2013; I rate it three stars.
I won’t take long, because my opinion of this book is almost the same as I have on previous volumes; I still find it a very long story.
I particularly liked that the character of John Breed was developed and we got to learn more about him, since I think he still has more to offer to the story. I also liked the development of Ethan - his role has been deepened and revealed more important.
For now, I'll take a break before moving on to the last volume of the series, because I have a book from the library to read for research purposes for the last book of my trilogy, and since I already have the paperback sample of the 2nd one, I have to read it to make the last corrections before the final book comes out.


Link Goodreads:

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Opinião| Review: “Trevas Maravilhosas”, Kami Garcia & Margaret Stohl


Título: Trevas Maravilhosas
Autora: Kami Garcia & Margaret Stohl
Edição/reimpressão: 2011
Editor: Gailivro
Páginas: 488
ISBN: 9789895577859


SINOPSE
Ethan Wate costumava pensar em Gatlin, a vila sulista a que sempre chamara casa, como um sítio onde nunca nada mudava. Foi então que conheceu Lena Duchannes, uma misteriosa recém-chegada que lhe revelou um mundo secreto, que sempre estivera oculto à vista de todos. Uma Gatlin que albergava segredos ancestrais por detrás dos seus carvalhos cobertos de musgo e dos passeios gretados. Uma Gatlin onde, há gerações, uma maldição tinha marcado a família de Lena, repleta de poderosos poderes sobrenaturais. Uma Gatlin onde acontecem situações impossíveis, mágicas e capazes de mudar o rumo de uma vida. E, por vezes, capazes de lhe pôr termo. Juntos conseguem fazer face a tudo o que Gatlin lhes apresenta mas, depois de sofrer uma perda trágica, Lena começa a retrair-se, guardando segredos que põem a relação dos dois à prova. E, agora que os olhos de Ethan foram abertos para o lado mais obscuro de Gatlin, não há volta a dar. Assombrado por estranhas visões que só ele tem, Ethan é ainda mais atraído para a história rocambolesca da sua vila e vê-se preso na perigosa rede de passagens subterrâneas que atravessam o Sul de um modo interminável, e onde nada é o que parece.

OPINIÃO
Acabei de ler este livro a 19 de setembro; dou-lhe três estrelas.
Gostei mais deste livro do que do primeiro volume. Embora ache que as autoras arrastem a história o máximo que conseguem, este volume teve pontos interessantes, como o aparecimento de personagens novas e, aquilo que mais gostei, a noção de que Ethan não é apenas um Mortal, mas um Mortal que tem um papel importante a desempenhar. Isso faz dele mais do que o simples namorado de Lena.
Também gostei do que aconteceu à Ridley e ao Link – foi uma inversão de papéis inesperada e que veio tornar as coisas mais interessantes, embora eu ache que a Rid não se vá conformar com a sua nova condição.
O novo Incubus parece-me que vai dar muito que falar, pelo que estou à espera de encontrá-lo no próximo livro, que vou ler em breve.




BLURB
Ethan Wate used to think of Gatlin, the small Southern town he had always called home, as a place where nothing ever changed. Then he met mysterious newcomer Lena Duchannes, who revealed a secret world that had been hidden in plain sight all along. A Gatlin that harbored ancient secrets beneath its moss-covered oaks and cracked sidewalks. A Gatlin where a curse has marked Lena's family of powerful Supernaturals for generations. A Gatlin where impossible, magical, life-altering events happen.
Sometimes life-ending.
Together they can face anything Gatlin throws at them, but after suffering a tragic loss, Lena starts to pull away, keeping secrets that test their relationship. And now that Ethan's eyes have been opened to the darker side of Gatlin, there's no going back. Haunted by strange visions only he can see, Ethan is pulled deeper into his town's tangled history and finds himself caught up in the dangerous network of underground passageways endlessly crisscrossing the South, where nothing is as it seems.

REVIEW
I finished reading this book on 19th September; I rate it three stars.
I liked this book more than the first volume. Although the authors drag the story as much as they can, this volume had interesting points, such as the appearance of new characters, and - what I liked most - the notion that Ethan is not just a Mortal, but one that has an important role to play. That makes him more than just Lena’s boyfriend.
I also like what happened to Ridley and Link – it was a role reversal that came unexpectedly and made things more interesting, though I think that Rid won’t conform with her new condition.
The new Incubus seems that will give much to talk about, so I'm waiting to meet him in the next book, which I will read soon.

Link Goodreads:


sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Citação| Excertos "Perdidos"



Página 324
A sombra virou-se de repente, com uma postura que indicava surpresa. Endireitou-se paulatinamente, revelando um porte altivo, e aproximou-se. À medida que o vulto se acercava dela, os traços tornaram-se mais distintos, até que nada ficou por revelar. Magoada pela descoberta da identidade da figura, Marina recuou num salto. Tapou a boca para não gritar. Era como se o seu mundo fosse uma gigante bola de cristal que tinha acabado de se estilhaçar num monte de cacos infinito.