sábado, 30 de junho de 2012

1º Aniversário do Blogue!


Ena! Mal posso acreditar que já passou um ano desde que criei este blogue. O tempo passa realmente depressa. Ainda parece que foi ontem que andava ocupada a pesquisar e a trabalhar na conceção do blogue. E como este ficou diferente do seu objetivo original!
Começando pelo início, criei o blogue com a intenção de o usar para divulgar o meu trabalho a nível literário. Era para ser algo simples, com a minha biografia, os livros que publiquei e posts com atualizações sobre o que estava a fazer. No entanto, depressa cheguei à mesma conclusão de quando tive outro blogue: a minha própria atividade não era suficiente para manter o espaço dinâmico.
Foi então que comecei a partilhar as minhas opiniões sobre os livros que ia lendo. Não me dando por satisfeita, decidi apostar na divulgação do trabalho de novos autores nacionais e estrangeiros, incluindo entrevistas aos mesmos. Juntei-me a algumas blog tours de livros e estabeleci parcerias com editoras.
Tudo corria bem, até que senti de novo o blogue a estagnar. Nova injeção de adrenalina, com a criação da rubrica 3Capas, na qual os interessados me enviam um e-mail com as suas três capas de livros favoritas e as ponho online às quartas-feiras. É uma forma de não só dinamizar o blogue, mas também envolver os seguidores. Mais recentemente nasceu a “Livros&Blogues”, que destaca os bloggers que dão o seu contributo para que os livros cheguem mais longe, sendo uma espécie de reconhecimento pela sua dedicação.
Ainda antes de completar um ano de existência, e atendendo à sua evolução, o blogue sofreu uma remodelação. Era um espaço mais maduro do que no ponto de partida e tinha crescido bastante, por isso achei que se justificava. Mudou-se apenas a imagem do cabeçalho, as cores predominantes e o tipo de letra de algumas áreas.
Bem…! Agora que escrevi tudo isto, realmente o blogue cresceu e mudou, lol! Fico contente por isso. Considero que esta tem sido uma boa experiência. Aprendi imensas coisas, principalmente sobre a blogosfera; travei conhecimento com novos autores de grande potencial, e conheci pessoas com interesses similares aos meus. Tudo isto é bastante o positivo. A maior dificuldade tem sido o tempo, pois tenho a mania de traduzir para inglês tudo o que escrevo, para que os posts cheguem a mais pessoas; isto implica perder algum tempo. A maior descoberta dos últimos meses foi a de que os posts podem ser agendados, para serem colocados online automaticamente. Eu sei! Como é que ainda não tinha descoberto isso? Lol! Eu bem disse que tem sido um processo de aprendizagem. De qualquer modo, esta funcionalidade tem-me ajudado a adiantar trabalho e a ter tudo pronto a tempo e horas.
E este post já vai longo! Concluindo: obrigado a todos os que têm seguido este espaço e dado o seu contributo para ajudar o blogue a crescer. Espero ir ao encontro dos vossos interesses e que este blogue se mantenha ativo por muito tempo =)




1st Anniversary of the Blog!

Wow! I can’t believe one year has passed since I created this blog. Time goes by really quickly. Still seems like yesterday that I was busy researching and working in the blog conception. And how different this is from its original goal!
Starting at the beginning, I created the blog with the intent to use it to promote my work at the literary level. It was to be something simple with my biography, the books I’ve published, and posts about what I was doing. However, soon I came to the same conclusion from when I had another blog: my own activity was not enough to keep this space dynamic.
It was then that I began to share my views about the books I read. Not feeling satisfied, I decided to invest in publicizing the work of new national and foreign authors, including interviews with them. I also joined some books blog tours, and established partnerships with publishers.
All went well until I felt again the blog to stagnate. New injection of adrenaline, with the creation of the 3Covers feature; in it, the interested parties send me an email with their three favorite covers of books, and I put them online on Wednesdays. It is a way to not only pep the blog, but also involve the followers. More recently was born "Books&Blogs", which highlights the bloggers who make their contribution so that books can reach further; it’s kind of recognition for their dedication.
Even before completing one year of existence, and in view of its evolution, the blog had a makeover. It was a more mature space than at the starting point and it had grown a lot, so I thought it was justified. It was changed only the header image, the predominant colors, and the font of some areas.
Well...! Now that I wrote all this, the blog really has grown and changed, lol! I'm glad for that. I think this has been a good experience. I learned many things, especially on the blogosphere; I became acquainted with new authors with great potential, and met people with similar interests to mine. All this is very positive. The greatest difficulty has been the time. I have the habit of translating into English everything I write, so that the posts will reach more people - this means losing time. The greatest discovery of recent months was that the posts can be scheduled to be brought online automatically. I know! How hadn’t I still figured that out? Lol! I told you it's been a learning process. Anyway, this has helped me to advance work and have everything ready on time.
And this post is already too long! In summary: thanks to all who have followed this space and given a contribution to help the blog to grow. I hope to meet your interests, and that this blog will remain active for a long time =)

quinta-feira, 28 de junho de 2012

“O Mago: Mestre (The Riftwar #2)”, Raymond E. Feist


SINOPSE
A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes. Tomas herda um legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino. Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder. Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o próprio tempo. Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono.

BLURB
He held the fate of two worlds in his hands...
Once he was an orphan called Pug, apprenticed to a sorcerer of the enchanted land of Midkemia. Then he was captured and enslaved by the Tsurani, a strange, warlike race of invaders from another world. There, in the exotic Empire of Kelewan, he earned a new name--Milamber. He learned to tame the unnimagined powers that lay withing him. And he took his place in an ancient struggle against an evil Enemy older than time itself.




CRÍTICA
Acabei de ler este livro a 2 de junho de 2012; dou-lhe três estrelas.
Tinham-me dito que o primeiro volume da série “O Mago” era o mais aborrecido, mas, se continuasse, receberia a recompensa de uma narrativa melhor. Bem, parece que a recompensa ficou pelo caminho. Continuei a aborrecer-me, o autor continuou a alongar-se nas suas explicações… Acabei por passar das quatro estrelas do primeiro volume para apenas três. Acho que já tive dose suficiente de “O Mago”; não devo ler os outros livros com esta saga.

REVIEW
I finished reading this book on June 2, 2012; I rate it three stars.
I was told that the first volume of the series "Magician" was the most boring, and I kept reading, I would receive the reward of a better narrative. Well, it seems that the reward was forgotten somewhere in the way. It continued to annoy me, the author continued to stretch in his explanations... I ended up shorting the four stars rating of the first volume to just three. I think I've ever had sufficient dose of "Magician"; I probably won’t read the other books in this saga.


Link:
http://www.goodreads.com/review/show/338051564

quarta-feira, 27 de junho de 2012

3Capas| 3Covers

As 3Capas desta semana são uma escolha minha. E vocês, quais são as vossas três capas de livros favoritas? Enviem-me um e-mail com as vossas sugestões para rutecanhoto1@gmail.com. Todos os contributos são importantes ;-)


The 3Covers of this week are my choice. And you, what are your three favorite book covers? Send me an email with your suggestions to rutecanhoto1@gmail.com. All contributions are important ;-)




terça-feira, 26 de junho de 2012

Opinião| Review: “O Mago – Aprendiz”, Raymond E. Feist

SINOPSE
Na fronteira do Reino das Ilhas, existe uma cidade tranquila chamada Crydee. Nessa cidade, vive um rapaz órfão de nome Pug. Trabalhando nas lides do castelo que o acolheu, ele sonha com o dia em que se tornará um guerreiro valoroso ao serviço do rei. Mas o destino troca-lhe as voltas e o franzino Pug acaba por tornar-se aprendiz do misterioso Mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para todo o sempre. Subitamente a paz do reino é esmagada, sem piedade, por misteriosas criaturas que devastam cidade após cidade. Quando o mundo parece desabar a seus pés, Pug percebe que apenas ele poderá mudar o rumo dos acontecimentos, penetrar as barreiras do espaço e do tempo, e dominar os poderes de uma nova e estranha magia... Esta é uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde irá conhecer povos e culturas exóticas, aprender a amar e descobrir o verdadeiro valor da amizade. Mas, no seu caminho, terá de enfrentar tenebrosos perigos e derrotar os inimigos mais cruéis.

BLURB
To the forest on the shore of the Kingdom of the Isles, the orphan Pug came to study with the master magician Kulgan. But though his courage won him a place at court and the heart of a lovely Princess, he was ill at ease with the normal ways of wizardry. Yet Pug's strange sort of magic would one day change forever the fates of two worlds. For dark beings from another world had opened a rift in the fabric of spacetime to being again the age-old battle between the forces of Order and Chaos.




CRÍTICA
Acabei de ler “O Mago – Aprendiz” a 27 de maio de 2012. Dou-lhe 4 estrelas.
Ouvi opiniões dissonantes quanto a este ser um livro bom ou não, mas decidi arriscar. Gostei do início: corria a um bom ritmo, aconteciam coisas novas, a estória estava a desenvolver-se. Mais ou menos a partir da página 200 o caso mudou de figura: entrou-se num ciclo repetitivo em que a narrativa não saía do mesmo sítio. Houve demasiadas paragens por reinos, as batalhas eram sempre as mesmas… cansei-me. Confesso que passei apenas os olhos por algumas páginas tal não era o meu enfado. Apesar disso, mantenho as quatro estrelas pela capacidade criativa do autor. Quanto à tradução, tenho dizer que não gostei da mistura com o Novo Acordo Ortográfico. Acredito que o livro foi traduzido na época de transição, mas ou adotavam um ou outro; ver as duas formas juntas confunde quem se está a tentar adaptar, independentemente de concordar ou não com as mudanças linguísticas operadas.

REVIEW
I finished reading "Magician – Apprentice (The Riftwar Saga 1)" on May 27, 2012. I rate it 4 stars.
I heard dissenting opinions about this being a good book or not, but I decided to risk it. I liked the beginning: it ran on a good pace, new things happened, the story was developing. More or less on page 200 things began to change: we entered into a repetitive cycle in which the narrative would not leave the same site. There were too many stops in kingdoms, battles were always the same... it tired me. I confess that I only looked at some pages such was my boredom. Nevertheless, I keep the four stars rating due to the creative ability of the author. As for the translation, I have to say I didn’t like the mixing with the New Orthographic Agreement. I think the book was translated in the transition period, but they should have adopted one or the other. To see the two forms together confuses who is trying to adapt, whether you agree or not with the language changes operated.

domingo, 24 de junho de 2012

Livros&Blogues| Books&Blogs





Nome: A Rapariga dos Livros
Administradora: Raquel Gama



ENTREVISTA A RAQUEL

OLÁ! QUANDO NASCEU O TEU BLOGUE?
Criei o meu blogue a 27 de maio de 2010. Acabou de fazer dois anos e eu nem me apercebi devido ao pouco tempo que lhe tenho dedicado nas últimas semanas. Posso dizer que esta pequena entrevista veio na hora certa para me lembrar deste "pequeno grande" pormenor!

QUE RAZÕES TE LEVARAM A CRIÁ-LO?
Uma série de coincidências! Um grande amigo tem um blogue sobre música clássica desde 2006, o Atrium Musiculogicum, onde costuma postar frequentemente tudo o que seja relacionado com o tema. Com ele comecei a ter contacto com este mundo cibernáutico, e comecei a ver que era uma excelente forma de falar do que gostávamos e do que nos tornava diferentes de todos os outros. Sei que fui para casa a pensar em criar um blogue… mas sobre o quê? Bem, a resposta surgiu-me quando cheguei a casa e olhei para a minha estante. Lá estavam os livros que sempre me acompanharam. Ainda por cima não vivia na mesma cidade que a minha melhor amiga, a pessoa com quem eu falo mais de livros, e por isso não conseguia falar tanto de livros como nos anos anteriores. E assim criei A Rapariga dos Livros.

O QUE PODEM OS VISITANTES ENCONTRAR NO BLOGUE?
Principalmente opiniões dos livros que eu li. Ultimamente tenho também começado algumas rubricas, mostrando outras vertentes dos livros, como marcadores ou quadros dedicados à leitura. Quando vejo algum filme que tenha sido adaptação de um livro que tenha lido, escrevo também uma pequena opinião, comparando o argumento do filme com o enredo do livro.

QUE BALANÇO FAZES DESDE QUE CRIASTE ESTE ESPAÇO ATÉ HOJE?
Nunca pensei muito em analisar o que fiz ou o que tenciono fazer no blogue. Vejo o blogue como um espaço em que posso partilhar o meu gosto pelos livros. Vendo as primeiras opiniões e as primeiras semanas do blogue, dá para perceber que amadureci enquanto leitora, e que de certa forma consegui dinamizar um pouco mais o blogue.

QUAIS AS MAIORES DIFICULDADES QUE ENCONTRASTE ENQUANTO BLOGGER?
Muitas vezes a falta de tempo. Há alturas que quero ter mais tempo para ler, mas não o tenho, e consequentemente acabo por não ter opiniões para escrever. Gostava também de manter alguma rubricas regulares, mas com a falta de tempo também não o consigo. Mas é algo que também não me chateia muito. Vou colocando o que posso, e vou tentando aproveitar aquelas pequenas viagens de metro ou de comboio para pôr a leitura em dia, escrevendo as opiniões quando puder.

QUAL A MAIOR ALEGRIA QUE O TEU BLOGUE TE DEU?
Fiquei extremamente feliz quando o blogue O Labirinto dos Livros escolheu o meu blogue como o cantinho do mês de Abril. Significa que o meu blogue é lido e apreciado! Além disso, fui conhecendo pessoas que têm a mesma paixão que eu, e acabei por criar algumas amizades.


INTERVIEW WITH RAQUEL

HELLO! WHEN WAS YOUR BLOG BORN?
I created my blog on May 27, 2010. It just turned two years old, and I didn’t even realize given the short time I have dedicated to it the last few weeks. I can say that this little interview came at the right time to remind me of this "little but big" detail!

WHAT REASONS LED YOU TO CREATE IT?
A series of coincidences! A good friend of mine has a blog about classical music since 2006 (the Atrium Musiculogicum), where he often posts anything related to the topic. With him I began to have contact with this cybernetic world, and began to see that it was a great way to talk about what we liked and that made us different from all others. I know I went home thinking about creating a blog... but about what? Well, the answer came to me when I got home and looked at my bookshelf. There were the books that always accompanied me. Besides, I didn’t live in the same city as my best friend, the person with whom I speak more about books, therefore I couldn’t speak so much of books as in previous years. And this was how I created A Rapariga dos Livros (The Girl of Books).

WHAT CAN VISITORS FIND IN YOUR BLOG?
Mostly reviews of books I've read. Lately I've also started some new areas, showing other aspects of the books, such as markers or panels devoted to reading. When I see a movie that has been adapted from a book I've read, I also write a short opinion, comparing the argument of the film with the plot of the book.

HOW DID THINGS GO SINCE YOU CREATED THIS SPACE UNTIL TODAY?
I never thought a lot about analyzing what I did or what I intend to do in the blog. I see the blog as a space where I can share my love for books. Seeing my first thoughts and first weeks of the blog, I can tell that I matured as a reader, and that somehow managed to boost the blog a little more.

WHAT WERE THE BIGGEST DIFFICULTIES YOU FOUND AS A BLOGGER?
Often the lack of time. There are times I wanted more time to read, but I don’t have it, and therefore I end up not having reviews to write. I would also like to maintain some regular items, but with the lack of time I can’t. But it's not something that bothers me a lot. I post what I can, and I try to enjoy those little travels by subway or train to update my reading, and I write the reviews when I can.

WHAT’S THE GREATEST JOY YOUR BLOG HAS GIVEN YOU?
I was extremely happy when the blog ‘The Labyrinth Books’ chose my blog as the corner of April. It means that my blog is read and appreciated! Also, I got to know people who have the same passion as me, and I ended up creating some friendships.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Opinião| Review: “Nordic Fairies”, Sara Berg


SINOPSE
Os Liosálfar nórdicos Svala e Viggo estão apaixonados há mais de mil anos. Após dois anos separados, Svala liga a TV para encontrar Viggo na ribalta, posando como estrela de cinema. Ela tenta procurá-lo e os acontecimentos que se seguem forçam alguns segredos enterrados profundamente a vir à superfície...
Svala e Viggo passaram uma centena de vidas juntos ao longo dos últimos mil anos. Enquanto Liosálfar, fadas nórdica de luz, o seu trabalho é praticar o bem para manter o equilíbrio no mundo mortal, um equilíbrio muitas vezes comprometido pelos Döckálfar, as fadas nórdicas obscuras.
Mas mesmo as boas fadas precisam de incentivo.
Svala e Viggo são mantidos separados em cada vida até que cumpram com as suas atribuições. Somente quando, e se, forem bem sucedidos serão autorizados a ficar juntos por um período de tempo decidido pelos poderes. Às vezes estão juntos por décadas, outras vezes anos, e na última vez apenas três semanas.
Nesta vida, Svala liga a TV e descobre que Viggo tornou-se uma estrela de cinema popular. Tal não só é altamente inesperado, como indica que algo está errado. Viggo está a tentar entrar em contato com Svala antes de terminar as suas atribuições, o que é estritamente proibido.
Svala procura-o, mas não sem quebrar algumas regras próprias, e aprender que as coisas nem sempre são o que parecem.

BLURB
Nordic Liosálfar Svala and Viggo have been in love for a thousand years. After two years apart Svala turns on her TV to find Viggo in the public light, posing as a movie star. She tries to seek him out and the events that follow forces some deep buried secrets to surface...
Svala and Viggo have spent a hundred lives together over the last thousand years. As Liosálfar, Nordic light fairies, their job is to do good and to uphold a balance in the mortal world. A balance often compromised by the Döckálfar, Nordic dark fairies.
But even good fairies need incentive.
Svala and Viggo are kept apart each life until they fulfill their assignments. Only when, and if, they succeed are they allowed to be together for whatever period of time the powers that be decides. Sometimes they are together for decades, other times years and during the last union once only three weeks.
In this life, Svala turns on her TV and learns that Viggo has become a popular movie star. This is not only highly unexpected, it indicates something is wrong and that Viggo is attempting to contact Svala before their assignments are carried out, an action which is strictly forbidden.
Svala seeks him out, but not without breaking a few rules of her own, and learning that things are not always as they seem.




CRÍTICA
Acabei de ler a 30 de Março de 2012 e dou-lhe quatro estrelas.
Não costumo ser fã de histórias curtas, mas esta deixou-me a lamentar o facto de ser tão pequena. Fiquei a ansiar por mais; gostaria de saber o que vem a seguir.
A narrativa está bem construída. Apenas não me agradou alguns saltos temporais repentinos típicos deste género de livros.
Gostei do Viggo e da Svala. O mistério em torno da mulher que ambos visitam numa loja é interessante, mas podia ter sido mais explorada. Espero conhecer o desfecho em breve, até porque pouco foi adiantado.
Creio que este podia ser um livro único, bastando à autora juntar todas as partes. Daria um bom produto final.

REVIEW
I read in on March 30, 2012 and I rate it four stars.
Usually I’m not a fan of short stories, but this one left me sad due the fact that it is so small. I was craving for more; I would like to know what comes next.
The narrative is well constructed. I only didn’t like a few sudden time jumps so typical of this kind of books.
I liked Viggo and Svala. The mystery surrounding the woman they both visited at a store is interesting, but it could have been further explored. I hope to know the outcome soon, because little has been advanced.
I think this could be a single book; the author simply had to put all the parts together. It would make a nice final product.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Livros na XXII Feira da Pimel!


Certamente estar-se-ão a perguntar o que é a Pimel. Ora a Pimel é a feira do turismo e atividades económicas que se realiza em Alcácer do Sal (no litoral alentejano) todos os anos por altura do S. João, que é o dia do concelho.

A razão que me leva a destacar esta 22ª edição - que decorre de 22 a 25 de junho no parque de feiras e exposições - prende-se com livros, não fosse este um blogue dedicado principalmente a esta área.

Este ano a Pimel vai ter um espaço dedicado à literatura, onde se podem comprar obras a preços simpáticos ou consultar diversos periódicos. Neste âmbito, está ainda prevista a realização de ateliers e atividades com escritores.

De acordo com o programa, na sexta-feira (dia 22) decorre na biblioteca municipal de Alcácer, a partir das 14h30, um atelier de ilustração com Pedro Leitão. O ilustrador vai estar mais tarde, às 19h, na praça central do certame para uma sessão de autógrafos. Para quem não conhece, aqui fica o link do antigo blogue do Pedro Leitão para conferirem os livros que ilustrou: http://ilustracaoebd-pedroleitao.blogspot.pt/.

No sábado (dia 23) é a vez de Jorge Serafim dar uma sessão de autógrafos também na praça central, mas às 20h30. Celebrizado pelo programa “Levanta-te e Ri”, Jorge Serafim considera-se um contador de estórias e tem percorrido o país de norte a sul com sessões de contos para todas as idades. Alguns dos livros que constam do seu repertório enquanto autor são “A.ventura”, “A Sul de Ti” e “Estórias do Serafim”. Para mais informações, visitem http://narracaooral.blogspot.pt/2010/05/jorge-serafim.html.

Acho que marcar na minha agenda umas horinhas para visitar o espaço de livros na feira. Quem sabe se não encontro alguma obra que me agrade para juntar à minha (nada) pequena coleção?



(Clique na imagem para ampliar)


(PS: Para os interessados em saber mais sobre a feira da Pimel, recomendo o link http://www.cm-alcacerdosal.pt/PT/Actualidade/Noticias/Paginas/PIMEL2012mostraomelhordeAlcacerdoSalentre22e25dejunho.aspx)

quarta-feira, 20 de junho de 2012

3Capas| 3Covers

As 3Capas desta semana são uma escolha minha. E vocês, quais são as vossas três capas de livros favoritas? Enviem-me um e-mail com as vossas sugestões para rutecanhoto1@gmail.com. Todos os contributos são importantes ;-)


The 3Covers of this week are my choice. And you, what are your three favorite book covers? Send me an email with your suggestions to rutecanhoto1@gmail.com. All contributions are important ;-)




terça-feira, 19 de junho de 2012

Novidades Bizâncio - junho 2012


Link para cada um dos livros:

» "Cada Dia é Um Milagre", de Yasmina Khandra: http://www.editorial-bizancio.pt/novidades.php?col=6&id=518

» "Chaplin: Os Primeiros Anos", de Stephen Weissman: http://www.editorial-bizancio.pt/novidades.php?col=12&id=519

» "Central Tejo: Imagens de um Tempo Ausente", de António Paixão: http://www.editorial-bizancio.pt/novidades.php?col=18&id=520

» "Como fazer os outros gostar de si em 90 segundos ou menos", de Nicholas Boothman: http://www.editorial-bizancio.pt/novidades.php?col=11&id=116

Opinião| Review: Sangue Ardente| Dead Reckoning – Sookie Stackhouse #11, Charlaine Harris


SINOPSE
Com o seu talento para se meter em sarilhos, Sookie testemunha um ataque bombista ao Merlotte's, o bar onde trabalha. Sam Merlotte assumiu a sua natureza de metamorfo, por isso, as suspeitas apontam imediatamente para os anti-metamorfos locais. Mas Sookie tem outra opinião e alia-se a ele para descobrir o culpado. Entretanto vê-se forçada a dividir a sua atenção. Apesar de não conseguir ler a mente dos vampiros, Sookie conhece bem o seu namorado, Eric Northman, e Pam, a vampira que este criou, e percebe que conspiram para assassinar o vampiro que se tornou mestre deles. Gradualmente, Sookie vê-se arrastada para a conspiração, que se revela cada vez mais complicada. Novamente embrenhada nas intrigas políticas do mundo dos vampiros, Sookie descobre que é apenas um peão, como qualquer outro humano... e que há uma nova rainha no tabuleiro...

BLURB
With her knack for being in trouble's way, Sookie witnesses the firebombing of Merlotte's, the bar where she works. Since Sam Merlotte is now known to be two-natured, suspicion falls immediately on the anti-shifters in the area. Sookie suspects otherwise, but her attention is divided when she realizes that her lover Eric Northman and his "child" Pam are plotting to kill the vampire who is now their master. Gradually, Sookie is drawn into the plot-which is much more complicated than she knows... Caught up in the politics of the vampire world, Sookie will learn that she is as much of a pawn as any ordinary human - and that there is a new Queen on the board.




CRÍTICA
Acabei de ler o 11º volume da série da Sookie Stackhouse a 24 de Abril de 2012. Dou-lhe 4 estrelas.
Gostei da história no geral, principalmente porque não foi uma narrativa parada; houve sempre alguma coisa a acontecer. Contudo, não consegui ultrapassar aquela sensação que me tem acompanhado ao longo dos últimos livros: esta saga já se arrastou por demasiado tempo. Até a própria personagem ‘Sookie’ é-nos por vezes apresentada cansada! De facto, anseio um bocado pelo desfecho desta série. Espero que o próximo volume saia em breve.

REVIEW
I just read the 11th volume of Sookie Stackhouse Series on April 24, 2012. I rate it four stars.
I enjoyed the story overall, mainly because this wasn’t a still narrative; there was always something happening. However, I could not overcome that feeling that has accompanied me over the last few books: this saga has been dragging on for too long. Even the character ‘Sookie’ sometimes is presented to us feeling tired! In fact, I’m yearning a bit for the outcome of this series.
I hope the next book comes out soon.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Vencedor do passatempo "Shinegow"


O passatempo "Shinegow" terminou este domingo à meia-noite. Em primeiro lugar, obrigado a todos pela vossa participação. Agradeço também à Chiado Editora por me ter dispensado um exemplar do livro de Iris Palmeirim de Alfarra.

Quanto ao vencedor, o RandomOrg determinou que este corresponde à participação número três. Assim sendo, o exemplar de "Shinegow" vai para a Inês Rogrigues, de Lisboa. Parabéns, Inês! Podes esperá-lo na tua caixa de correio na próxima semana =D



domingo, 17 de junho de 2012

Livros&Blogues| Books&Blogs



Nome: So Simply Sara
Link: http://www.sosimplesara.blogspot.com/
Administradora: Sara Kovach



ENTREVISTA A SARA

Olá! Quando nasceu o teu blogue?
6 de janeiro de 2012

Que razões te levaram a criá-lo?
Queria compartilhar o meu amor pela leitura - e ter uma presença na web que combina comigo e aquilo de que mais gosto.

O que podem os visitantes encontrar no blogue?
Maioritariamente críticas de livros, debates, promoções, e outros tópicos relacionados com livros, alguns posts de ensino relacionados com a área.

Que balanço fazes desde que criaste este espaço até hoje?
Tem sido muito divertido, às vezes desafiante, adorei tornar-me parte de uma comunidade (outros grandes bloggers lá fora), conhecer outras pessoas que partilham a minha paixão por livros e ensino.

Quais as maiores dificuldades que encontraste enquanto blogger?
Às vezes tenho prazos pelos quais tenho realmente que me esforçar; às vezes tenho que tomar decisões difíceis sobre o que quero publicar/ discutir, organização…
Qual a maior alegria que o teu blogue te deu?
Tornar-me parte de uma comunidade maior.


INTERVIEW TO SARA

Hello! When was your blog born?
January 6, 2012.

What reasons led you to create it?
Wanted to share my love for reading - and to have a presence on the web that fit me & what I am all about.

What can visitors find in the blog?
Most book reviews, discussions, promotions, & other book related topics, some teaching related posts.

How did things go since you created this space until today?
So much fun, at times challenging, love becoming part of a community (other great bloggers out there), meeting other people who share my passion of books and teaching.

What were the biggest difficulties you found as a blogger?
Sometimes I have timelines that I really have to push myself, sometimes I have to make hard decisions on what I want to post / discuss, organization…

What’s the greatest joy your blog has given you?
Becoming part of a larger community.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Opinião| Review: “Highest Hill”, Jackie Williams


SINOPSE
Highest Hill, outrora utilizada para sacrifícios, esteve adormecida por algum tempo. Contudo, bruxas agitadas e demónios reacenderam a chama. O jovem Bertram, negligenciado e vítima de bullying, é apanhado no meio do frenesim.  Será ele realmente apenas um rapaz normal?

BLURB
Highest Hill once used for sacrifice has been dormant for a while. But unrest between witches and demons has relit the flame. Young Bertram neglected and bullied is caught in the middle. Is he really just an ordinary boy?




CRÍTICA
Li esta novelette de Jackie Williams no dia 13 de maio de 2012. Atribuo-lhe uma classificação de quatro estrelas.
Com 14,440 palavras, esta é a estória de uma rapaz maltratado a quem é concedida a falsa dádiva de que tudo pode correr como gostaria. Esta vai ser uma faca de dois gumes.
Gostei de Bertram e dos dramas por ele enfrentados. Quantas crianças há por aí vítimas de bullying, negligenciadas pelos pais e humilhadas pelos professores? São realidades que muitas vezes nos passam ao lado e que podem muito bem ser vividas por alguém que vive perto de nós, ou até pertence à nossa família. Agradou-me ver abordada a vertente social.
Quanto à parte da magia, primeiro dei por mim a desejar que as duas bruxas que cuidam de Bertram fossem más; depois fiquei com pena do que o destino lhes reservou. A mudar alguma coisa, criaria um romance entre uma das bruxas e o pai biológico do rapaz para lhe dar uma “boa” família.

REVIEW
I read this novelette by Jackie Williams on May 13, 2012. I give this a rating of four stars.
With 14.440 words, this is the story of an abused boy who is granted the false gift that everything can go just as he would like it to be. This will be a double-edged sword.
I liked Bertram and the dramas faced by him. How many kids are bullied, neglected by their parents, and humiliated by teachers? These are realities that we often fail to spot, and that may be experienced by someone who lives near us, or even belong to our own family. I was pleased to see these social aspects approached.
As for the part of the magic, first I found myself wishing that the two witches who took care of Bertram were bad; then I felt sorry for what the fate had in store for them. If I could change something, I’d maybe create a romance between one of the witches and the boy's biological father in order to give him a "good" family.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

3Capas| 3Covers

As 3Capas desta semana são uma escolha minha. E vocês, quais são as vossas três capas de livros favoritas? Enviem-me um e-mail com as vossas sugestões para rutecanhoto1@gmail.com. Todos os contributos são importantes ;-)


The 3Covers of this week are my choice. And you, what are your three favorite book covers? Send me an email with your suggestions to rutecanhoto1@gmail.com. All contributions are important ;-)




segunda-feira, 11 de junho de 2012

Opinião| Review: “Despertada”, PC Cast + Kristin Cast


SINOPSE
Exonerada pelo Alto Conselho dos Vampiros, Neferet jurou vingança contra Zoey Redbird e o domínio que exerce sobre Kalona é apenas um dos planos que pretende usar contra ela. Mas Zoey encontrou refúgio na Ilha de Skye e está a ser treinada pela rainha Sgiach para tomar o seu lugar. Haverá algo melhor do que a ideia de se tornar uma rainha? Porque desejaria voltar para Tulsa? Após a perda de Heath, Zoey nunca mais foi a mesma e a sua relação com o guerreiro Stark também poderá nunca voltar a ser igual…
E conseguirão a vampira Stevie Ray e Refaim continuar juntos? Este recusa ser usado contra ela, mas que escolha tem quando ninguém, nem mesmo Zoey, aprova a relação entre ambos? Irá Refaim trair o seu pai ou escolher o seu coração?

BLURB
Exonerated by the Vampyre High Council and returned to her position of High Priestess at Tulsa’s House of Night, Neferet has sworn vengeance on Zoey.  Dominion over Kalona is only one of the weapons she plans to use against Z.  But Zoey has found sanctuary on the Isle of Skye and is being groomed by Queen Sgiach to take over for her there.  Being Queen would be cool, wouldn’t it?  Why should she return to Tulsa? After losing her human consort, Heath, she will never be the same – and her relationship with her super-hot-warrior, Stark, may never be the same either…
And what about Stevie Rae and Rephaim?  The Raven Mocker refuses to be used against Stevie Rae, but what choice does he have when no one in the entire world, including Zoey, would be okay with their relationship?  Does he betray his father or his heart?
In the pulse-pounding 8th book in the bestselling House of Night series, how far will the bonds of friendship stretch and how strong are the ties that bind one girl’s heart?



CRÍTICA
Acabei de ler este livro a 18 de Abril de 2012. Dou-lhe quatro estrelas.
Esta é uma série que sigo desde o início e não me tem desiludido. Claro que tem livros mais interessantes do que outros, mas tem estado à altura das expectativas. O último volume também não me desapontou.
Gostei principalmente do facto de que a Zoey parece finalmente ter-se decidido por um único namorado. Não há dramas românticos como havia nos anteriores, o que foi um alívio, porque já começava a deixar-me cansada tanta indecisão. Contudo, o final deste no que concerne a Heath leva-me a perguntar se o drama não estará de regresso no próximo.
Também me agradou o desfecho reservado a Refaim. Veremos como correm as coisas para o rapaz/ corvo daqui em diante.

REVIEW
I finished reading this book on April 18, 2012. I rate it four stars.
This is a series that I follow from the beginning and it has not disappointed me. Of course it has some books more interesting than others, but it has been up to my expectations. The last volume also did not disappoint me.
I especially enjoyed the fact that Zoey seems finally to have decided by a single boyfriend. There are no romantic dramas as there was earlier, which was a relief, because I was already beginning to get tired of so much indecision. However, the end of this book, in what comes to Heath, leads me to wonder if the drama will be back in the next volume.
I also liked the outcome reserved for Rephaim. We'll see how things go for the boy/ crow hereafter.